3 dicas para construir um telhado com sucesso

Além de ser uma peça chave no acabamento, o telhado é essencial para garantir a proteção de uma edificação. Por isso, detalhes que vão da Viga de madeira para telhado até a resistência da cobertura escolhida são essenciais.

Afinal, para evitar problemas como infiltrações, vazamentos, destelhamentos e goteiras, é muito importante cuidar de cada detalhe, tanto do material usado como da construção de um telhado em si.

Isso não só valoriza o projeto, mas é uma forma de prevenir a dor de cabeça futura de ter que trocar todo o telhado por falta de planejamento.

Quem faz esse tipo de planejamento, incluindo detalhes como a análise de uma boa Viga de madeira para telhado, e executa a construção de forma segura e satisfatória? O profissional de construção civil ou o telhadista, que é uma pessoa especializada somente na construção de telhados.

Se você está nessa etapa do seu projeto e não quer errar na hora de escolher e instalar o tipo de cobertura, continue lendo esse artigo e confira algumas dicas para construir um telhado com sucesso!

1. Contrate um telhadista

Se para o Reforço de fundação, você precisa contratar um profissional que entenda o tipo de solo, o material mais resistente e execute a base de acordo com o tipo de projeto, para o telhado, o conhecimento técnico também é fundamental.

Não é à toa que as pessoas buscam cada vez mais a figura do telhadista que é um profissional especializado na construção dos detalhados.

Apesar de parecer um detalhe simples do acabamento, o telhado envolve diversas etapas: a composição das vigas que sustenta as telhas, o tipo de caibro, o tamanho e a telha mais indicada para o projeto, a arquitetura da construção, entre outras características.

Assim, escolher uma Viga de madeira para telhado, por exemplo, requer não só a análise da qualidade da madeira, mas sim o conhecimento técnico para saber como ela se encaixa nas telhas e qual é a melhor forma de instalá-la.

Por isso, não invente de fazer esse tipo de demanda com alguém que cobre mais barato, contrate um telhadista e garanta benefícios como:

  • Durabilidade do projeto;

  • Redução de desperdício das telhas;

  • Mais resistência para a construção do telhado;

  • Maior precisão na instalação das telhas.

2. Verifique a qualidade e garantia dos materiais

Observar se o material tem certificações de qualidade e fabricação é fundamental para que o projeto tenha credibilidade.

Por isso, antes de escolher uma telha ou uma viga de madeira, verifique a procedência desse produto para ter uma ideia se é o material mais indicado para as especificações do seu projeto.

Lembre-se que com o passar do tempo, o ideal é que esse material continue resistente e preservado mesmo diante das intempéries.

Ao se tratar de algo feito com madeira então, tenha em mente que há diversas qualidades para a madeira – das mais elaboradas às mais conhecidas, como as de pinus.

Certificar-se da qualidade desses materiais e matérias-primas, é construir uma estrutura mais reforçada e resistente para o seu projeto.

3. Faça uma análise geral do projeto

O design e arquitetura de um projeto é algo que conta muito para a escolha do tipo de telha e construção do telhado. Se a ideia for um projeto mais moderno e divertido, por exemplo, as telhas esmaltadas são uma ótima alternativa por serem coloridas e versáteis.

Caso o projeto tenha calhas, apostar em uma Chapa galvanizada para calha peço também é algo muito válido para deixar o telhado mais resistente diante de chuvas, tempestades ou outras situações.

Além de detalhes como a arquitetura e o estilo da edificação, há outros critérios estratégicos que podem e devem ser considerados na hora de construir um telhado. São eles:

  • Condições climáticas do ambiente;

  • Exposição aos raios UV e chuvas;

  • Critérios sustentáveis e de iluminação solar;

  • Parte estética;

  • Durabilidade e proteção a longo prazo.

Pode parecer apenas um detalhe, mas a escolha de uma telha é capaz de influenciar no conforto térmico da sua casa.

Isso porque algumas telhas, como as feitas com cimento, são mais quentes e podem provocar desconfortos terríveis se a cobertura fica em uma região muito exposta ao sol.

Por outro lado, as telhas termoacústicas são compostas para tornar a temperatura ambiente mais agradável. Caso bata a dúvida de qual telha é mais adequada ou de outro detalhe como optar ou não pela Chapa galvanizada para calha preço no seu projeto, volte para a primeira dica e converse com o telhadista.

Ao seguir essas dicas, sem dúvidas, você terá um resultado mais satisfatório.

É importante colocar no papel também que todo cuidado com o projeto, seja para valorizar a parte estética da arquitetura ou para construir um estilo mais seguro na fundação da casa, tudo é válido.

Lembre-se: projeto bom é o que traz conforto e segurança para quem usufrui dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *