A importância da acessibilidade nas construções

Quando projetamos uma casa ou realizamos construções, uma das principais preocupações é com a fachada. Afinal, é a porta de entrada do imóvel, a primeira impressão das pessoas e o contato com o exterior. Mas deve ser levada em conta a acessibilidade para todos.

Assim, muitas pessoas, em especial quem está planejamento um espaço de comércio ou empresarial, ficam preocupadas com a boa apresentação do local e, por isso, investem em uma fachada elegante, sofisticada e moderna.

Inovando na decoração das fachadas: coberturas e venezianas

Além disso, as fachadas também são responsáveis pela proteção do imóvel, evitando a entrada de pessoas não autorizadas, bem como promovendo a segurança contra intempéries (chuvas, ventos fortes, incidência de raios solares, entre outros).

Desse modo, é importante não só ficar atento aos materiais de decoração, mas também, aos usados na proteção, como é o caso da cobertura de policarbonato.

Esse modelo de cobertura tornou-se tendência para os comércios, pois permite criar um telhado com transparência, similar ao vidro, mas muito resistente – além de mais econômico do que o vidro.

Fora isso, é possível aproveitar todos os benefícios do telhado em policarbonato, como o melhor aproveitamento da luz natural e a decoração criativa.

Em combinação com o policarbonato, é possível investir em diversos tipos de acessórios para as janelas das fachadas, como é o caso da veneziana de aluminio.

Além de resistente, esse modelo de cortina também é uma alternativa viável para quem busca uma decoração moderna e inusitada, diferente dos tradicionais modelos de venezianas. Além disso, outras vantagens do alumínio são:

  • Longa vida útil;
  • Pouca necessidade de manutenção;
  • Facilidade de higienização;
  • Material brilhante e sofisticado.

No entanto, tudo irá depender do espaço e das finalidades do imóvel.

Para o setor industrial, por exemplo, pode ser recomendado investir nas venezianas industriais em pvc, que proporcionam melhor cobertura para as janelas, bem como grande resistência contra o ambiente industrial, que muitas vezes é agressivo (com excesso de gases poluentes e elementos corrosivos).

Acessibilidade nos imóveis comerciais e residenciais

Quando se vai abrir um comércio ou escritório, é importante pensar em formas de acessibilidade, especialmente, para pessoas com deficiência física ou dificuldade de locomoção.

Por isso, é importante instalar equipamentos e elementos que permitam o acesso mais fácil e assegurem o direito dessas pessoas, fazendo com que o local cumpra as leis de acessibilidade e colabore com a independência a deficientes.

Entre esses itens, destaca-se a plataforma para cadeirante. Normalmente, essa plataforma é feita com materiais metálicos de alta resistência, para aguentar a carga das cadeiras de rodas.

Sem degraus, as plataformas também contam com um piso antiderrapante, com o intuito de evitar quedas e garantir a segurança dessas pessoas..

Existem modelos com a presença de elevadores, que fornecem ainda mais conforto e segurança aos usuários, principalmente, para o acesso em locais um pouco mais elevados, do que em comparação com casas planas.

Trata-se de um equipamento que, basicamente, desempenha a mesma função dos elevadores próprios para deficientes físicos, no entanto, possui estruturas diferentes.

A plataforma com elevador é destinada a ambientes com um número menor de pavimentos, já que o percurso realizado por ela é de 4 metros de altura, no máximo.

Devido à praticidade do equipamento, muitas pessoas que moram em conjunto com pessoas com deficiência e os próprios deficientes optam pela instalação de um elevador residencial, que também facilita o acesso em áreas mais elevadas, com mais de um andar.

Dessa maneira, é possível ter uma residência mais confortável, tranquila e segura para as pessoas com deficiência, que podem se deslocar facilmente ao longo da casa, com maior independência.

Vale ressaltar que os diferentes modelos da plataforma de acessibilidade preço diferenciado podem ser instalados diretamente na fachada no local, conforme as especificações do proprietário.

Em locais públicos, a instalação desses equipamentos deve seguir as recomendações das leis de acessibilidade e normas técnicas dispostas (como a norma 9050, de 2015), em conformidade com a legislação vigente e as leis municipais que vigoram em uma determinada cidade.

Também é importante pontuar que os equipamentos de acessibilidade possuem um layout pré-definido, que facilita a elaboração dos projetos.

Dessa maneira, pode-se consultar as especificações sobre dimensão, tamanho e montagem, para que todos os cadeirantes, pessoas com dificuldades de locomoção e outros indivíduos portadores de deficiência física possam utilizar esses equipamentos da forma correta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *