Pensando na segurança da área de lazer de um condomínio

 A área de lazer do condomínio pode ser um verdadeiro diferencial. Para muitas pessoas, ela é um fator decisivo na hora de decidir onde morar.

Por isso, quanto mais completa melhor: churrasqueira, piscina, quadra de esportes, sala de jogos, deve-se tentar incluir tudo.

Mas algo que não pode passar despercebido é a segurança desses locais.

Neste artigo você vai descobrir como deixar essa área mais segura para todos os moradores, de forma simples e efetiva.

Preocupe-se com o cercamento

É quase obrigatório que um condomínio tenha uma quadra esportiva.

O local é uma diversão não apenas para o público infantil e jovem, mas também para os adultos.

O futebol de final de semana entre os adultos é uma ótima forma de criar laços entre os vizinhos, criando amizades e tornando a convivência de todos mais agradável e divertida.

No entanto, é recomendado que a quadra seja cercada por redes de proteção. 

Quando a quadra é descoberta, muitos imprevistos podem acontecer.

Não é comum que a área de lazer do condomínio fique próxima do estacionamento e, nesses casos, a ausência da rede por acabar prejudicando os carros.

Sobretudo quando se trata de uma bola feita de material mais pesado, como é o caso da bola de basquete, a lataria de um carro pode sofrer muitos prejuízos.

Além disso, para os condomínios que contam com uma pequena arquibancada, a Rede de proteção para quadra de futsal protege os telespectadores contra “boladas”.

No geral, é um item indispensável para uma área de lazer de qualidade. Mas qual rede comprar?

Um dos materiais mais baratos e aconselháveis para essas redes é o polietileno.

O material forma uma malha flexível, mas resistente. Para locais descobertos, é importante lembrar que esse polímero não se prejudica com os intempéries climáticos, como as chuvas e os raios solares.

Assim, consegue-se uma rede durável e flexível. A principal vantagem sobre as redes de metal é que não enferrujam.

Ademais, elas são relativamente macias, mais adequadas para o caso de quedas sobre elas.

Falando da área de lazer no geral, sobretudo para os condomínios que investiram em uma extensão maior, é necessário investir na proteção contra invasores.

Arame farpado de segurança é um equipamento ótimo para esse papel.

Geralmente cercando o perímetro com o apoio de hastes de metal, com quadro fios de arame farpado no total o longo dessas hastes, é um modo simples e barato de realizar a proteção.

Vale lembrar que não adianta fazer uso desse equipamento se os muros forem muito baixos.

arame farpado  afasta possíveis infratores, mas não é tão efetivo quanto a cerca elétrica. Como se sabe, a proteção da área externa não precisa ser tão rigorosa quanto a das casas, mas isso não quer dizer que não requeira atenção e cuidado.

Riscos de incêndio

O brasileiro possui o hábito de comemorar com um churrasco. Não é raro que as pessoas façam um churrasco e convidem os amigos em casos de aniversário, promoção no emprego, feriados, noivados e muito mais.

Por isso, uma churrasqueira de parede é um item imprescindível em condomínios.

Entretanto, é necessário se lembrar de que é uma área com temperaturas altas constantemente e risco de início de incêndio.

Ao escolher o revestimento, por exemplo, deve-se optar por materiais não inflamáveis e resistentes ao calor. Alguns exemplos são:

  • Granito;
  • Mármore;
  • Porcelanato;
  • Pastilhas;
  • Tijolos;
  • Azulejos.

Além disso, é importante que placas acerca dos cuidados a se tomar durante a elaboração de um churrasco sejam colocadas no local. Para os que querem valorizar ainda mais o condomínio, utilizar o Revestimento de granito para churrasqueira é o investimento perfeito.

Não inflamável, fácil de limpar (o que é essencial, pois a gordura gerada pelo uso da área será frequente) e com grande prestígio social.

Com certeza, as pessoas notarão essa preocupação com detalhes e, como o granito é extremamente durável, no longo prazo essa decisão será recompensada.

No final, o segredo para ter uma área de lazer completa e segura é pensar em todas as possibilidades.

Quais itens me agradariam se eu fosse um morador? Essa pergunta deve ser feita.

Da mesma forma, deve-se procurar imaginar todos os cenários que possam oferecer riscos ou incômodos aos moradores.

Mesmo que pareça improvável, remediar é sempre pior do que prevenir. No mais, procure pelo custo-benefício mais interessante e pesquise sobre as soluções que o mercado oferece antes de tomar decisões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *