Arquitetura moderna aplicada em telhado

Entre os acabamentos finais de uma estrutura imobiliária está o telhado. Com a função principal de proteger tudo que está abaixo de uma edificação, ele pode ser construído de diversas formas, com os mais diferentes materiais à disposição nas casas de materiais de construção.

A telha de barro é a mais comum e a mais antiga, quando se trata de construções modernas, o que não é tão novo assim.

Desde o século XVIII os colonizadores europeus, entre portugueses, italianos, espanhóis e alemães entre eles, trouxeram técnicas de fabricação para a proteção dos imóveis, incluindo as características de caimento dos telhados de cada país e região.

Atualmente, a arquitetura moderna tem empregado muitas outras funções aos telhados, como suporte para antenas, aproveitamento de espaços para implementação de janelas e até mesmo para circulação de ar e entrada de luz natural.

Caimento de cobertura ajuda elementos estruturais

Os telhados possuem diversos formatos e caimentos, podendo seguir diferentes escolas de arquitetura, como as mencionadas europeias, além das modernas e das rústicas.

O emprego de telhas sanduiche sobre uma estrutura imobiliária demonstra a preocupação com o isolamento termoacústico, uma das principais características desse material de construção.

Presente em empreendimentos imobiliários com as mais diferentes finalidades, entre eles residenciais, industriais e comerciais, esse modelo de telha é muito celebrado pelos profissionais da construção civil por causa da facilidade de instalação e por ser customizável.

Vale ressaltar que o proprietário do imóvel pode escolher o tipo de aço utilizado para cobrir o preenchimento, que também pode ser variado entre diferentes materiais, como:

  • Lã de vidro;
  • Poliestireno;
  • Isopor;
  • Poliuretano.

A telha pode ser simples ou dupla, com tamanho de cobertura dividido em peças únicas. Além disso, esse modelo estrutural facilita a instalação da calha central telhado, indicando com propriedade o caminho de direcionamento da água da chuva.

Como os dois materiais utilizam o aço em sua estrutura, é preciso destacar a durabilidade e a resistência de todo o material contra impactos, além do suporte contra fatores climáticos, como chuvas e ventos, além da incidência do sol e seus temidos raios ultravioletas.

Energia renovável a partir do telhado

Os imóveis construídos seguindo o padrão de alvenaria podem receber uma estrutura metálica como suporte em alguns pontos de instalação do telhado.

Esse tipo de construção é bastante comum em áreas destinadas ao estacionamento, onde as vagas das garagens recebem uma cobertura aérea, aproveitando melhor o espaço, principalmente, dentro de condomínios.

Com esse tipo de suporte é possível investir uma parte do orçamento do projeto arquitetônico para a energia solar, com a instalação de placa fotovoltaica 500w sobre o telhado, com capacidade para fornecer energia durante o dia e manter o boiler de aquecimento da água interna por um longo período.

Esse modelo de construção é denominada arquitetura sustentável, e tem sido amplamente discutida e implementada em muitos municípios em todo o território nacional, principalmente, onde a atuação do sol é constante.

Conjunto de proteção reforça segurança interna

Uma complementação à segurança nos imóveis residenciais e comerciais está a construção das lajes, produzidas a partir de elementos estruturais que reúnem tijolos e suportes maciços denominados vigotas.

Sobre essa estrutura é aplicada uma manta para cobrir laje apropriada para essa tarefa, que deve ser aplicada antes da implementação do telhado.

Produzido dentro das normas técnicas e de segurança regulamentadas por órgãos fiscalizadores e aprovada por construtores, arquitetos e engenheiros civis, esse elemento é muito útil para a:

  • Vedar buracos;
  • Isolamento térmico;
  • Impermeabilizante;
  • Suporte contra vibrações.

Áreas que sofrem com a umidade, como as regiões serranas e litorâneas, empregam esse material como suporte a todo o telhado, evitando o aparecimento de goteiras, mofo, infiltrações e demais problemas que surgem por causa da umidade excessiva.

A manutenção da manta asfáltica é de longo prazo e deve ser realizado por uma empresa especializada desde a primeira aplicação. Isso deve ser levado em consideração, pois o trabalho é realizado no telhado, ou seja, muito acima do solo.

Os profissionais que fazem a aplicação possuem experiência e são habilidosos, além de utilizarem ferramentas apropriadas para esse tipo de serviço.

Como curiosidade, vale mencionar que é preciso a utilização de um botijão de gás que fornece energia para um maçarico de alta pressão.

O telhado é parte essencial de um imóvel, independente, do tamanho de área de cobertura ou altura em que ele está instalado. Tomando todos os cuidados e seguindo o projeto de forma adequada, ele se destaca na parte visual e chama a atenção não só dos moradores, mas também da vizinhança e demais pedestres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *