Automação tecnológica a serviço de moradores e residências

As indústrias já estão muito à frente no quesito automação computadorizada e máquinas implementadas na realização de tarefas operacionais, antes atribuídas a humanos.

Na virada do século XX para o século XXI, com a oferta de tecnologia cada vez mais abrangente e presencial na vida da sociedade, as residências passaram a contar com equipamentos automatizados, facilitando a vida de moradores.

A segurança sempre foi uma das principais pautas quando o assunto é automação, em qualquer cenário. Pensando nisso, muitas empresas passaram a investir em motores para a abertura e fechamento de portões.

O acesso à internet e o boom de celulares, ao final da primeira década do século XXI possibilitou o emprego da tecnologia da informação, aliando diversos equipamentos a programas e aplicativos presentes em celulares e tablets, transformando o cenário residencial com casas inteligentes e facilitadoras de serviços.

Climatização pode ser programada por automação

O conforto do lar automatizado ultrapassou os limites da abertura e fechamento dos portões. Agora, a climatização pode ser programada, para economizar energia e deixar os ambientes em temperatura adequada para quando a família chega em casa após o trabalho ou a escola.

Muitos equipamentos que já faziam parte de casas e apartamentos, como o ar condicionado split, presente em salas de estar e quartos, para manter a temperatura ambiente de maneira agradável, recebeu atualização tecnológica, permitindo o acesso a longa distância.

Dessa maneira, em dias de calor, é possível um morador chegar em casa e encontrar o cômodo mais fresco que o ambiente externo.

Nos dias mais frios, o aparelho com dupla função aquece a sala ou o quarto, permitindo a conservação da saúde e do bem-estar de todos, com todo o ar quente necessário para o corpo humano se sentir confortável.

A climatização não foi o único benefício proporcionado pela tecnologia. Outros equipamentos também receberam melhorias atrativas, como geladeiras, máquinas de pão e panelas elétricas, que podem ser acessadas ao alcance de um botão no celular.

Até mesmo a privacidade foi melhorada com o avanço da tecnologia. A automação residencial de persianas passou a fazer parte da realidade de muitas casas e apartamentos, podendo ser abertas e fechadas com controles remotos e por programação computadorizada.

Sendo assim, não foi apenas a privacidade que foi beneficiada, mas a segurança patrimonial também. Câmeras de segurança passaram a monitorar áreas externas, como:

  • Entrada de garagem;
  • Portão social;
  • Quintal;
  • Sacadas;
  • Varandas.

Estes espaços recebem projetos adequados, produzidos por empresas especializadas, permitindo a visualização a qualquer momento, com o uso de internet e aplicativos personalizados para cada instalação.

Segurança ampliada com iluminação e motorização

A monitoração residencial constante pode ser feita tanto no período diurno quanto no período noturno. Para isso, é preciso que o sistema de iluminação seja acionado por meio de movimentação ou acendimento pré-programado.

Mesmo em ambientes decorados que recebem um jogo de arandela externa é possível contar com luzes que se acendem de maneira automática.

O mercado oferece acessórios com tecnologia aplicada no próprio produto, como as lâmpadas que possuem câmeras de vigilância que são acionados por meio de movimentação e emitem alarmes para equipamentos programados, como celulares e tablets.

Essas facilidades já estão ao alcance da população, com um custo baixo em relação ao benefício que oferece aos proprietários residenciais.

Isso justifica o investimento, assim como no valor pago em um portão de aço galvanizado de correr preço de mercado, com instalação e motor de movimentação inclusos.

A facilidade que este tipo de equipamento proporciona aos moradores é valorizada pelos usuários. O acionamento pode ser feito por meio de botoeiras internas da residência ou com um controle remoto, presente dentro do carro ou no chaveiro de uma motocicleta.

Decoração permite aproveitamento de espaço

Além da área externa, a automatização de iluminação também pode ser aplicada nos ambientes internos. Tal qual os aparelhos eletrônicos, as luzes instaladas em uma sala de estar ou de jantar, ou qualquer outro cômodo, pode receber a tecnologia automatizada.

Para que o espaço seja melhor aproveitado, muitos profissionais utilizam acabamentos personalizados, como a sanca de gesso, que funcionam como um aparato de beleza e estilo dentro da decoração ambiente.

Para salas de TV, por exemplo, esse tipo de acabamento pode ser utilizado para criar um ambiente mais confortável para a visualização na tela, sem o reflexo de luzes diretas das lâmpadas.

Outra vantagem que remete ao uso das sancas dentro dos ambientes residenciais é a possibilidade de esconder cabos e fios elétricos, ao mesmo tempo que permite o acesso para a manutenção preventiva ou corretiva, quando surge a necessidade.

A automação chegou para ficar, e essa nova realidade estará presente nos lares de todas as maneiras possíveis e imagináveis. Basta criatividade e logo todas as máquinas e equipamentos estarão se comunicando, ao comando dos moradores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *