Como fazer um jardim vertical no seu ambiente residencial?

Conheça e saiba como facilmente montar o seu jardim vertical de maneira rápida e funcional. Confira a partir dos demais tópicos.

Com a urbanização das cidade e a vida moderna, cada vez mais o verde foi perdendo o seu espaço. As cidade viraram um conglomerado de concreto e cinza.

Esse aspecto faz criar uma distância entre a cidade e seus habitantes. Além disso, apresenta um problema sério de poluição e falta de áreas naturais.

Uma cidade sem áreas verdes significa uma cidade mais poluída, visto que não há absorção do CO2 que é emitido por carros e indústrias.

Com um ar de qualidade ruim e poucas áreas verdes, existe um aspecto que vem ganhando notoriedade nas cidades. É o jardim vertical.

Basicamente, ele se constitui em um painel de plantas dispostas de maneira vertical em muros e paredes. Também podem estar suspensos em tipos de suporte verticais, assim se cria um verdadeiro painel verde com diversas plantas, de diversas espécies.

Há também quem disponha essas plantas em suportes espaçados, onde haja uma noção de conjunto entre elas. Hoje, a proposta ganhou espaço entre arquitetos, designers e artistas plásticos.s

Além do fator estético positivo que ele gera, há também um fator funcional  que é o de isolamento acústico e térmico natural, além disso ele contribui muito para o controle de iluminação natural que incide sobre o local onde há o jardim.

Os benefícios são incontáveis:

  • Reduz a poluição do ar;

  • Reduz a poluição sonora;

  • Economia financeira com sistemas de condicionamento de ar;

  • Ambientes mais agradáveis e esteticamente bonitos.

Jardim vertical residencial

Falamos sobre as aplicações dos jardim e suas funcionalidades, porém no âmbito das fachadas de edifícios. Mas saiba você, que também é possível que diversos tipos de jardins verticais sejam devidamente instalados em espaços residenciais.

Eles podem se constituir de painéis pequenos de plantas, algumas calhas de PVC em vertical para plantação de ervas e temperos, muros ajardinados – como é conhecido – ou ainda, disposições internas.

Hoje, é mais do que comum que haja esses projetos paisagísticos residenciais onde existe essa proposta. Jardins pequenos, jardins de inverno ou mesmo o jardim vertical, são tendência na arquitetura moderna.

Veja como agora fazer um jardim vertical externo ou interno

Vale mencionar que o jardim pode ser devidamente instalado em ambiente internos e externos da residência, desde que haja um simples estudo de condições de iluminação natural, temperatura e etc. É preciso ficar atento nas espécies escolhidas para compor o jardim, e quais são as suas necessidades para sobreviver.

Basicamente, os jardins que estão expostos ao Sol, precisam ter espécies com seu cultivo propício para este ambiente. Isso também vale para a parte interna e ambiente de sombra.

Geralmente, é possível cultivar qualquer tipo de espécie de plantas e até árvores nesse tipo de jardim, desde que haja espaço para o desenvolvimento das raízes.

O local onde foi disposto o jardim, também precisar apresentar capacidade para aguentar o peso que será gerado pelas plantas, inclusive com a terra úmida.

Economia na criação

Você sabe como fazer um jardim vertical barato? Na internet, existem diversos tutoriais e textos falando sobre como fazer jardim vertical externo, inclusive este que você lê neste exato momento. É possível criar um jardim a partir disto, e este é o objetivo deste texto.

Porém, vale ressaltar que há cuidados imprescindíveis que o jardim demanda para que as plantas se desenvolvam de forma saudável. Fique atento em cada um deles , pois dessa forma poderá ficar por dentro de todas orientações necessárias.

Bom, agora que você está disposto(a) a fazer o seu, tenha em mente o material para jardim vertical que você irá precisar. São materiais relativamente simples. Você pode optar por vasos comum dispostos verticalmente, ou ainda estruturas prontas para o serviço vertical que são feitos de plástico, cerâmica, concreto ou mesmo pode optar por fazer vasos utilizando PVC.

Na hora de fixar os vasos, você pode estar utilizando painéis de madeira, treliças de bambu ou cordas próprias para jardins suspensos.

Bom, escolhido qual o modelo, certifique-se que a estrutura está devidamente firme e fixada, e também de que exitam furos para o escorrimento da água, além de um mini sistema de dreno para que o líquido excedente não acabe por vazar no ambiente interno.

O jardim vertical possui um número gigantesco de benefícios e facilidades. Eles contribuem para a melhora diária da vida e também para uma melhor sustentabilidade no entorno onde é instalado.

A natureza precisa ser uma protagonista de nossas vidas. Mesmo que seja nas selvas de pedra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *