Saiba como manter a higiene da sua piscina de modo fácil

A princípio pode parecer difícil esse processo de higienização de piscinas, sem auxílio profissional, mas na verdade é possível realizá-lo com sucesso por você mesmo.

Independentemente da contratação de um profissional para a limpeza ou da escolha de fazê-la autonomamente, o importante é que o processo de higienização seja concluído com sucesso.

Em geral, as piscinas são associadas a momentos de lazer e diversão. Contudo, piscinas também podem causar diversas doenças virais, bacterianas ou fúngicas.

A importância da limpeza adequada

Para o processo de higienização, a fim de evitar a contaminação, você precisará de alguns equipamentos essenciais de limpeza. O aluguel ou a compra de equipamentos usados, são uma opção mais economicamente viável.

Uma lavadora de piso industrial usada, por exemplo, é uma excelente aquisição, uma vez que esse tipo de lavadora permite uma higienização de alta qualidade de forma rápida, poupando trabalho manual.

O mesmo vale para o aspirador, o decantador e a mangueira flutuante. Só não se esqueça de conferir as condições dos materiais usados. Para cumprir as etapas de limpeza listadas a seguir, você precisará de:

  • Equipamentos de segurança;
  • Produtos de limpeza para piscina;
  • Produtos de limpeza comuns;
  • Calendário ou uma forma de acompanhar a periodicidade das etapas;
  • Equipamentos e ferramentas;
  • Local para descarte de impurezas.

Como a higienização da piscina é feita?

Comece limpando o entorno da piscina, evitando que a sujeira recolhida caia na água. Em seguida, passe para a limpeza do sistema de filtragem.

A piscina deve conter um pré-filtro (skimmer), uma bomba e um filtro, dois equipamentos responsáveis por filtrar as partículas de sujeira.

A bomba fará com que a água circule, sugando-a do tanque e direcionando-a ao filtro, que reterá as partículas sólidas nela presentes.

O skimmer pode ser limpo semanal ou mensalmente, a depender da necessidade, deve ser aspirado e também pode ser embebido em vinagre para ser limpo.

Caso o filtro seja de areia, após a filtragem – cuja duração varia de acordo com o tamanho do tanque e o tipo de bomba – acione a válvula de retrolavagem da bomba.

E abra os registros da linha de esgoto, para que as impurezas sejam direcionadas ao esgoto. Mas se o filtro de sua piscina for de cartucho, a limpeza deverá ser semanal.

Dentro do período de um ano, até que seja descartado. Para limpar o cartucho, remova-o e enxague as partículas soltas.

Em seguida, coloque-o em uma solução de ácido muriático, para evitar que as sujeiras não expelidas pela lavagem grudem nele.

Por fim, enxague a solução, espere o cartucho secar e então insira-o novamente na caixa do filtro. Em seguida, é hora de utilizar a peneira cata-folhas.

Que é também uma forma de retirar impurezas, porém apenas da superfície da água. Após a peneiração, em caso de manchas no tanque, o uso de uma escova de nylon é recomendado.

No caso de piscina de fibra, de vinil ou de azulejo e a escova de aço, para rejuntes de azulejo. O próximo passo, consiste na limpeza do fundo da piscina.

Caso você não opte por uma lavadora de alta pressão, o aspirador para piscina é uma opção. Acople nele uma mangueira flutuante, para que as partículas mais pesadas sejam aspiradas.

Caso a água esteja esverdeada, você pode aplicar o decantador, produto químico que unirá as partículas de sujeira, deixando-as pesadas de forma que serão direcionadas ao fundo do tanque e você poderá inspirá-las.

Tanto para a limpeza do filtro quanto para a decantação da sujeira, pesquise os valores dos produtos químicos e siga suas instruções de segurança e de uso.

Depois do uso do aspirador ou da lavadora de pisos industriais, você pode utilizar também uma limpadora a vapor.

As vantagens da lavadora a vapor, são o fato de ser ecologicamente correta e reduzir custos com uso de produtos químicos, por utilizar apenas o vapor para higienização.

É ideal para limpeza de rejuntes, remoção de gorduras. Por fim, o tratamento químico é de extrema importância para a eliminação de microorganismos.

Para medir a acidez, a alcalinidade e a quantidade de cloro da água, você pode adquirir um estojo de medição.

A partir dos resultados, você deve acrescentar produtos químicos, a fim de garantir um pH entre 7,2 e 7,6, uma alcalinidade entre 80 e 120 partes por milhão (ppm).

E uma quantidade de cloro entre 1 e 3 ppm. A manutenção da limpeza é essencial, para controle do cloro e retenção de partículas.

Outra forma de garantir essa manutenção, consiste em utilizar uma capa para piscina para cobri-la, evitando que resíduos e partículas caiam ou entrem nela. As capas estão disponíveis em diversos tamanhos e materiais.

Certifique-se de optar por um material econômico, mas resistente e de fácil limpeza, uma vez que a própria capa deve ser limpada eventualmente.

Você pode até mesmo escolher entre cobri-la manualmente ou instalar equipamentos a motor que enrolam e desenrolam a capa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *