Conhecendo os tipos de ar condicionados e onde devem ser usados

A climatização de ambientes é indispensável para promover o bem-estar das pessoas, principalmente quando a sensação é de muito calor ou de muito frio. Nesse contexto, um aparelho constantemente aplicado é o ar condicionado, que realiza o processo de tratamento do ar, tornando possível também regular fatores como movimento, temperatura e umidade.

Ao recorrer a instalação ar condicionado, naturalmente, o objetivo é obter conforto e qualidade na climatização. No entanto, é preciso que exista atenção às especificações dos diversos modelos que podem ser encontrados no mercado, tais como:

  • Janela;
  • Split;
  • Portátil;
  • Piso teto.

A primeira alternativa é considerada como uma das mais tradicionais, principalmente para as residências. Trata-se de um modelo compacto, fixo no local e que conta com instalação realizada por meio de um buraco na parede.

Nesse sistema, o escape do ar quente é direcionado para a área externa e o de volta do ar já fresco para o ambiente interno.

De forma geral, o modelo split é considerado mais silencioso que a alternativa anterior, especialmente ao observar que ao invés de o condensador e evaporador estarem situados no mesmo local, neste caso, há duas partes, excluindo também a necessidade de um buraco na estrutura.

Essa é uma opção que atende de maneira satisfatória tanto residências, quanto ambientes corporativos, o que pode variar de fato é a praticidade apresentada pelo produto e sua potência.

No caso do modelo portátil, é uma alternativa ideal, principalmente para quem almeja maior mobilidade do aparelho. Afinal, por ser leve, compacto e apresentar rodinhas, pode ser colocado em ambientes diferentes, sem grande complexidade.

No entanto, normalmente é mais recomendado para cômodos pequenos e médios devido ao alcance que proporciona.

Já no que diz respeito a versão piso teto, ele é muito usado em ambientes comerciais, pois apresenta modelos com grande potência. Além disso, essa alternativa pode ser instalada tanto no teto, quanto na parede, assegurando uma climatização com maior homogeneidade pelo ambiente.

A importância da manutenção preventiva do ar condicionado

Entre tantos modelos apresentados, as formas de instalação e manutenção podem variar, porém, é importante observar que há alguns fatores em comum, como escolher a potência e funcionalidade adequadas para cada ambiente, além de garantir a manutenção adequada para cada aparelho.

Muitas vezes, a preocupação com a manutenção só surge quando algum problema é perceptível, por exemplo, gerando dificuldade no resfriamento, vazamento ou até mesmo mau cheiro.

No entanto, por meio da manutenção preventiva ar condicionado, é possível evitar determinadas condições e prolongar a vida útil do aparelho.

O proprietário pode realizar determinados processos, especialmente nos modelos recomendados para residências, como a limpeza dos filtros e substituição das pilhas.

No entanto, na dúvida é imprescindível buscar por profissionais qualificados, afinal, um técnico credenciado poderá efetuar todas as verificações que são necessárias no aparelho.

Já alguns aspectos podem ter recomendações semelhantes, como a limpeza de gabinete da unidade interna, que deve ser realizada regularmente. Tudo dependerá do contrato de manutenção de ar condicionado, especificações presentes, entre outros fatores.

Naturalmente, uma vez que existem modelos e locais distintos para a instalação, o tipo de manutenção, assim como a periodicidade aplicada podem variar.

Por exemplo, enquanto a limpeza de filtro pode ser realizada em torno de duas semanas nas residências; nos locais comerciais, dependendo do aparelho, a recomendação é que ela seja feita semanalmente.

Aspectos do ar condicionado industrial

O ar condicionado industrial, naturalmente, conta com uma estrutura diferenciada quando comparado com equipamentos empregados em residências.

Isso se deve ao fato de que a potência exigida nestes locais também é maior e se reflete no tipo de equipamento a ser aplicado.

Por exemplo, para determinados prédios, o equipamento conta com torre de resfriamento, condensador, compressor e evaporador para atender a grandes espaços e manter a temperatura ideal para determinadas finalidades.

Assim como nos outros tipos apresentados, a manutenção de ar condicionado industrial também é indispensável, principalmente a preventiva. Mas, naturalmente, os testes e reparos realizados são distintos, pois se trata de um aparelho mais complexo.

Conforme pode ser notado, há diferentes modelos disponibilizados ao se tratar de ar condicionado, sendo que cada um reúne suas particularidades, inclusive aplicações mais adequadas.

Por esse motivo, ao buscar pela aquisição ou manutenção deste item, é importante ter suporte profissional, principalmente para evitar prejuízos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *