Mais uma novidade na construção civil

Rachaduras, vazamentos e infiltrações. Por mais que o objetivo dos engenheiros civis seja projetar edifícios duráveis e resistentes, o tempo e os elementos de desgaste são implacáveis: não há nenhuma estrutura indestrutível.

Entre os fatores que podem colaborar com a aceleração do desgaste, estão:

  • Maresia;
  • Chuva (principalmente a ácida);
  • Vento;
  • Poluição do ar, como os gases tóxicos de carro.

A boa notícia é que pesquisadores da Universidade de Delft, na Holanda, recentemente criaram um material que pode resolver boa parte dos problemas relacionados ao desgaste de edifícios: o bio concreto, também conhecido como concreto vivo ou inteligente.

Aprenda mais a respeito do bio concreto no artigo a seguir:

O que é o bioconcreto?

Por mais que muitas pessoas pensem que isso é digno de mágica ou de ficção científica, o concreto inteligente é capaz e se regenerar de maneira autônoma.

Isso significa que, quando há uma fissura em uma parede ou em qualquer outra parte da estrutura onde ele esteja presente: basta que ela tenha menos de 8 milímetros.

Como o bioconcreto funciona?

Como o próprio nome dá a entender, o mecanismo por trás da capacidade de regeneração do bioconcreto é biológico.

Nesse caso, os professores da universidade onde ele foi criado inseriram microorganismos em sua fórmula, que ficam inativos até entrarem em contato com o ar e a água, ambos fatores que se fazem presentes quando há uma rachadura).

Nesse momento, elas despertam e passam a se alimentar dos minerais presentes no concreto, gerando uma reação que tem como produto o calcário, regenerando o defeito e mantendo o edifício em bom estado.

Quais são as vantagens do bioconcreto?

Apesar da tecnologia impressionante que está por trás do concreto inteligente, muitas empresas e profissionais da área da construção relutam ao usá-lo. O principal motivo por trás disso é o alto custo: a diferença entre ele e o concreto tradicional pode chegar a R$ 100 por metro quadrado.

Entretanto, as vantagens que ele proporciona ao reparar trincas e fissuras de forma autônoma fazem com que o investimento compense. Confira alguns de seus benefícios a seguir:

1. Obras mais duráveis

Por mais que engenheiros sempre projetem uma edificação visando o longo prazo, é impossível que ela dure para sempre. Como mencionado anteriormente, ela sempre é exposta a fatores que tendem a desgastar sua estrutura, fazendo com que ela apresente problemas.

Por mais que ainda não haja um método para elaborar construções indestrutíveis, empregar o concreto inteligente durante a sua construção é uma forma de fazer com que ela dure mais.

Como as rachaduras se regeneram com essa opção, há menos problemas com infiltrações e vazamentos, e, logo, a estrutura fica a salvo. Na prática, tudo isso faz com que o imóvel fique com aparência de novo por mais tempo.

2. Imóveis mais valorizados

Quanto mais novo um imóvel, mais ele vale. Um dos motivos disso é que, nos últimos anos, foram empregadas uma série de técnicas e materiais inovadores que permitem que eles fiquem conservados por mais tempo.

O concreto inteligente é uma dessas soluções: como dito anteriormente, ele mantém a edificação nova por mais tempo. Assim, usá-lo na construção é uma maneira de fazer com que ele possa ser vendido ou alugado por um valor mais alto no futuro.

3. Menos gastos com manutenção

Nem só de construções vive a engenharia civil. Os profissionais dessa área também estão aptos a atuar na manutenção de edifícios quando estes apresentam problemas, coordenando os trabalhos dos operários responsáveis pelos reparos.

No caso de imóveis antigos e que não contaram com uma rotina de cuidados consistente, é comum que esses profissionais se vejam obrigados a planejar intervenções de grande porte, que atrapalham a rotina dos moradores e exigem um alto investimento financeiro.

Normalmente, isso é necessário para que a estrutura não fique ainda mais comprometida e represente uma ameaça a quem transita por ela.

Por mais que o concreto inteligente também exija um investimento alto na construção, ele oferece um retorno interessante, já que haverá menos necessidade de manutenções no futuro.

4. Ele pode restaurar edifícios comprometidos

No caso de edificações que foram construídas com o concreto comum, nada impede que elas usufruam dos benefícios proporcionados pela versão inteligente.

Isso porque  a substância pode ser usada para fazer reparos em sua estrutura, com o objetivo de que eles sejam mais resistentes e duráveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *