Energia solar na sua residência

Nos dias atuais, muitos proprietários de imóveis buscam por placa solar preço, especialmente por ser uma maneira de energia limpa, ou seja, não promove impactos negativos ao meio ambiente, além de reduzir drasticamente o consumo de energia elétrica.

Neste caso, o fator econômico é o que costuma chamar mais atenção das pessoas que decidem usufruir dessa tecnologia.

Por sua vez, a energia solar é eletromagnética, cuja fonte é o sol. Ela pode ser transformada em energia térmica (muito comum em aquecedores) ou elétrica e aplicada em diversos usos, assim como nas tomadas da residência.

Portanto, as duas principais maneiras para aproveitar a energia solar são o aquecimento de água e geração de energia elétrica. Quer ver como essas duas categorias se aplicam nas residências? Continue lendo este artigo.

Energia solar fotovoltaica

energia solar fotovoltaica é aquela que irradiação solar é transformada diretamente em energia elétrica, sem que seja necessário passar pela etapa de energia térmica.

Deste modo, as células fotovoltaicas ou células de energia solar são produzidas  por meio de materiais semicondutores. Sendo assim, quando a célula é exposta à luz, parte dos elétrons do material iluminado absorve os fótons.

Os elétrons livres são levados pelo semicondutor até serem transportados por um campo elétrico. O campo elétrico é formado na área de composição dos materiais, por uma diferença de potencial elétrico presente entre todos esses materiais semicondutores.

Dessa maneira, os elétrons livres são levados para fora das células de energia solar e ficam disponibilizados na forma de energia elétrica, para assim serem usados.

Vale salientar que, o sistema solar fotovoltaico não necessita de alta irradiação solar para atuar. Sobretudo, a quantidade de energia gerada vai depender da densidade das nuvens, de maneira em que um número baixo de nuvens pode resultar em uma menor produção de energia em comparação aos dias de céu completamente aberto.

Aproveitamento térmico

Outra maneira de aproveitamento de radiação solar é o aquecimento térmico. Dessa forma, o aquecimento térmico a partir de energia solar pode acontecer por meio de um procedimento de absorção da luz solar por coletores (placa solar), que são normalmente instalados nos telhados das casas e edificações.

A superfície terrestre conta com baixa incidência de radiação, por isso, é preciso instalar alguns metros de coletores para o melhor aproveitamento.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), para atender o suprimento de água aquecida em uma casa de dois a quatro moradores, são necessários 5 m² de coletores.

Além disso, muitas famílias costumam instalar laje com iluminação solar, que não tem nada a ver com a energia solar, mas aproveita a luz natural para iluminar os ambientes durante o dia.

Embora a demanda por esta tecnologia seja predominantemente residencial, também há o interesse de outros setores, como hospitais, edifícios públicos, restaurantes e hotéis.

No caso da instalação para o aquecimento de água, como a do chuveiro, a família precisa contar com o apoio de uma equipe especializada em manutenção de aquecedor solar, a fim de contar com o melhor que o equipamento pode oferecer.

Vantagens da energia solar

energia solar é tida como uma fonte de energia renovável e inesgotável. O processo de geração de energia elétrica por meio da energia solar não emite os seguintes poluentes:

 

  • Dióxido de enxofre (SO2);

  • Óxidos de nitrogênio (NOx);

  • Dióxido de carbono (CO2);

  • Dentre outros gases.

 

Todos os gases citados acima são poluentes e possuem efeitos nocivos à saúde humana, uma vez que contribuem para o aquecimento global.

Por sua vez, a energia solar também se mostra vantajosa comparada às fontes renováveis, como a hidráulica, pois o sistema solar requer áreas menos extensas do que hidrelétricas, por exemplo.

O incentivo à energia solar no Brasil, em contraponto, é justificado pelo potencial do país, que possui grandes regiões com radiação solar incidente e está bem próximo a linha do Equador.

Ainda assim, as áreas semiáridas do nordeste brasileiro são ideias para a geração de energia heliotérmica, pois atendem as  condições de alta irradiação solar e baixa pluviosidade.

Portanto, é imprescindível que se faça a análise do espaço mais apropriado para a implantação, uma vez que haverá a supressão da vegetação presente no lugar.

não dependência da alta irradiação é uma grande vantagem do sistema fotovoltaico, comumente usado em residências, contribuindo para que seja uma excelente alternativa à energia oriunda das hidrelétricas.

Portanto, isso é tudo sobre a energia solar nas residências, uma opção para quem deseja contar com energia e aquecimento de fontes limpas, diminuindo consequentemente o gasto com o consumo de energia elétrica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *