Confira melhor os equipamentos necessários em uma obra

andaime preço justo é um equipamento essencial para construção civil, pois é por meio dessa ferramenta que os operários conseguem acessar os locais altos como os andares dos prédios.

Assim, o andaime torna-se um dispositivo indispensável para a realização de diferentes funções de uma obra.

Grande parte dos andaimes são fabricados com diferentes tubos de metal ou aço que são ligados por fixadores como parafusos e porcas ou, até mesmo, por engates.

O mercado disponibiliza uma variedade de andaimes para atender diversos segmentos como: pintura, reforma, manutenção, entre outros.

Algumas empresas disponibilizam um aluguel de andaimes que pode ser uma forma de minimizar custos e facilitar a obra.

De maneira geral, existem quatro tipos de andaimes:

  • Andaime Fachadeiro;
  • Andaime Industrial;
  • Andaime Tubular;
  • Andaime de construção civil.

O andaime fachadeiro facilita o serviço do operário ao possibilitar o acesso às fachadas dos andares para a realização de revestimentos, pintura, manutenção, como também em tarefas como o auxilio de carregamento de materiais de construção.

Sua estrutura é fabricada por barras de ligação na diagonal, formando um X.

O modelo contém sapata, rodízio, guarda-corpo (para ajudar na proteção do funcionário), uma placa de base, tela e escada.

O andaime industrial é inteiro na vertical e pode, ou não, apresentar a escada. O equipamento tem uma pinça com chaveta encaixada a uma peça de engate.

O engate é responsável por travar a estrutura, dando mobilidade e segurança aos usuários. Outra característica de prevenção e seguridade que o modelo apresenta é o guarda corpo.

Ele é um equipamento prático e usual, podendo ser usado em projetos industriais, fabris e de obras.

O andaime tubular é modular e sua montagem não depende de ferramentas próprias. Ele é resistente, com maior durabilidade e possibilita a economia para o uso em fachadas ou paredes.

Já os andaimes da construção civil são fabricados por conexões tubulares, são resistentes e tem longa vida útil, podendo ou não ser maleáveis.

No entanto, todos os modelos citados são habilitados para realizar diversos serviços em altura.

As bases têm estruturas firmes que dão segurança tanto para os trabalhadores quanto para os materiais que serão usados na obra.

De modo geral. podem ser de madeira ou metal, são fixas por um aparelho de alta qualidade e tem a função de ajudar na movimentação e segurança do operador.

Lixadeira pneumática e suas qualidades

Um equipamento muito eficiente e usado em larga escapa pela indústria é a Lixadeira pneumática.

Ela apresenta eficiência no processo de lixamento de materiais e, por esta razão, é considerado uma solução potente para diversas tarefas.

Por combinar a alta potência com a precisão de corte, o aparelho torna-se mais resistente e com um excelente desempenho. Tem como função lixar objetos, tratar imperfeições, “moldar” materiais e diminuir riscos e desgastes.

Para sua fabricação são utilizados materiais de alta qualidade contendo polipropileno reforçado em fibra de nylon, que reduz a vibração durante sua utilização.

Existem modelos variados de lixadeiras, sendo que cada equipamento tem suas especificações como: disco lixa, entrada de ar, pressão de trabalho, potência do equipamento, compressor e a rota de carga.

É um aparelho muito versátil e pode ser usada em outros segmentos como em setores de funilaria e pintura; fábricas de serralherias e caldeirarias e outras.

Seu funcionamento é simples, fácil de manusear e apresenta baixo custo. Apesar de sua facilidade, se tiver dúvidas, consulte um especialista.

Lixadeira pneumática: conheça a serra circular industrial

Um exemplo de lixadeira pneumática é a Serra circular industrial. Ela é um aparato muito requisitado em uma marcenaria, pois facilita o corte de peças metálicas para os processos industriais.

Por ter a possibilidade de ser aplicada em diversos metais, essa serra tem o aspecto de ser uma máquina de porte grande.

Por apresentar um corte em grande velocidade, a ferramenta possibilita a utilização em peças grandes e em um menor tempo, se comparada com outros modelos de serras.

O controle é feito por um computador que indica o local do corte, garantindo a a precisão. O equipamento possui uma tela de LCD sensível ao toque, o que ajuda na configuração do procedimento.

A serra circular é fabricada com materiais reforçados com uma carenagem resistente, de forma a proteger os operários contra os detritos que podem se soltar ao longo da execução do corte.

O maquinário tem mais durabilidade do que outros modelos e são produzidos conforme os rigorosos padrões de qualidade da norma NR12, que garante segurança e eficiência na feitura do corte de metais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *