Etapas de projeção de elevadores residenciais

Os elevadores residenciais consistem em um grande atrativo para as pessoas, seja pela praticidade ou para garantir uma maior acessibilidade, para moradores com condições especiais.

Antigamente, equipamentos desse gênero apresentavam mais obstáculos para serem instalados nas residências.

No entanto, hoje em dia, se tornaram mais acessíveis para alguns lares. O projeto se inicia na análise de necessidades e preferências das pessoas.

Porém, assim como qualquer outro serviço contratado, como uma pintura de fachada residencial, há uma série de pontos a serem analisados.

Quais são as etapas para aderir ao projeto de um elevador?

Para a projeção de elevadores em residências, o primeiro passo é analisar se a construção pode ser adaptada para um equipamento deste porte.

Afinal, o projeto da casa deve atender aos requisitos necessários, para que o elevador seja funcional e proporcione uma locomoção segura.

O mais indicado, é que os elevadores sejam escolhidos enquanto o planejamento da casa ainda está em curso.

Dessa maneira, será possível garantir que todas as questões técnicas sejam atendidas e que o espaço seja devidamente construído como almeja.

Por mais que hoje em dia existam modelos mais compactos e que atendem espaços menores, a instalação posterior pode resultar em maiores obstáculos para adequar o equipamento ao ambiente.

Para percorrer pelos próximos passos do projeto, também é indispensável escolher com cautela a empresa fabricante, pois em conjunto com os profissionais especializados, você irá garantir a eficiência do seu equipamento.

Para uma boa escolha, algumas questões devem ser averiguadas, como:

  • Referências da empresa no mercado;
  • Tecnologia oferecida;
  • Disposição de assistência técnica;
  • Críticas de consumidores;
  • Serviços adicionais oferecidos.

Quais são os tipos de elevadores residenciais?

Grande parte dos elevadores se adequam facilmente aos ambientes, porém, quando a procura é por uma plataforma elevatória acessibilidade, as exigências enquanto dimensão e segurança acabam sendo superiores.

Principalmente, pelo papel importante que esse equipamento irá desempenhar diante a mobilidade. Além disso, elevadores instalados em residências, normalmente são elétricos ou hidráulicos.

Os elétricos também recebem o nome de eletromecânicos e podem requisitar um espaço menor, para ser incorporado no ambiente, sendo assim, muito versáteis.

Já no que diz respeito aos elevadores residenciais elétricos, apresentam um pistão hidráulico para o seu funcionamento, que geralmente ficam situados na parte debaixo do elevador.

Por isso, que essa alternativa pode requisitar mais espaço. No entanto, ambos são alimentados por eletricidade e dispõem de sistemas de resgate ao usuário.

Que é uma medida de segurança, em caso de falta de energia ou pane elétrica. Há ainda a opção de elevadores a vácuo, que são mais recentes no mercado do que as alternativas anteriormente apresentadas.

Esses modelos atuam por meio da sucção de ar, que resulta em uma diferença de pressão que faz o equipamento subir.

É recomendado apenas em alguns casos, pois sua capacidade de passageiros normalmente é reduzida, muitas vezes atendendo apenas uma pessoa.

Os atrativos os elevadores a vácuo estão ligados principalmente aos fatores estéticos, uma vez que dispõem de cabines panorâmicas.

No entanto, assim como nos outros modelos, os prós e contras precisam ser pesados. Por mais que estes equipamentos apresentem relativamente maior acessibilidade financeira, é necessário que para incluí-lo no projeto.

Os custos totais e também da manutenção de elevadores sejam analisados. A manutenção preventiva também é fundamental, para que o equipamento opere de forma segura.

No caso da necessidade de reforma de elevadores, assim como com a manutenção, uma equipe técnica especializada deve ser contratada.

Afinal, serviços realizados de forma inadequada podem comprometer o funcionamento e estrutura, resultando em grandes prejuízos.

Outras questões para a projeção da residência

Conforme pode ser notado, a projeção dos elevadores para residências está intimamente relacionada com o projeto das casas.

Há algumas recomendações básicas para o resultado obtido seja o mais positivo possível. Por exemplo, ao projetar a instalação de elevador, é recomendado também analisar a possibilidade de escada auxiliar.

Afinal, como todo equipamento, o elevador está propenso a ter o funcionamento comprometido por fatores internos ou externos, como a falta de energia.

Para a valorização do local e um ambiente acolhedor, as cores de casas, revestimentos, separação de cômodos e pisos também são pontos que devem estabelecer uma harmonia entre si.

Afinal, a falta de um planejamento adequado pode resultar em um ambiente totalmente disfuncional, levando obstáculos e prejuízos para a vida dos moradores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *