Os cuidados básicos com o seu piso de madeira

O piso de madeira é uma forma inteligente e simples de renovar um cômodo antigo e trazer mais conforto e aconchego para esse local. Seu design rústico combina muito bem com quase todos os tipos de decoração.

Desde ambientes sofisticados, com uma temática mais séria, até espaços minimalistas, todos podem ser aprimorados com a ajuda do piso de madeira correto, basta encontrar um modelo que possua a tonalidade, tamanho e preço certo para você.

Todavia, para que seu piso mantenha o aspecto novo e conservado, alguns cuidados, que vão desde a limpeza até a restauração de piso de madeira, precisam ser tomados com certa frequência para garantir a boa manutenção desse material.

Variação de pisos de madeira natural

O primeiro passo para realizar uma manutenção de qualidade em seu piso é descobrir qual tipo de madeira foi utilizada na composição daquele assoalho.

Por muito tempo, os tipos mais usados em casas e apartamentos foram os assoalhos, os tacos e o parquet.

Esses modelos, feitos de madeira maciça, podem ser envernizados e lixados várias vezes, ficando como novos a cada vez que esse processo é realizado.

Com o passar do tempo, os pisos laminados e até mesmo o carpete de madeira, tornaram-se escolhas mais recorrentes na decoração de casas e outras construções.

Os custos mais baixos na aquisição e instalação desses pisos chamaram atenção dos consumidores, sem falar na limpeza e manutenção mais simples e fáceis, podendo serem feitas por qualquer pessoa e com maior periodicidade.

Limpeza do piso de madeira

Garantir que a limpeza do seu piso de madeira seja realizada com frequência é uma ótima maneira de se certificar que ele dure por muito mais tempo, entretanto é comum encontrar pessoas que ainda não sabem como limpar piso de madeira da maneira correta.

Para remover o acúmulo de poeira e outras sujeiras soltas que possam cair no piso, é necessário o auxílio de uma vassoura específica, com cerdas mais macias, ou então um aspirador de pó, esses dois utensílios são capazes de remover todas as impurezas superficiais do chão, sem que o piso seja riscado ou danificado de qualquer outra forma.

Um pano umedecido com algum produto de limpeza, como desinfetantes ou detergentes, dissolvido em água em temperatura ambiente também é uma excelente forma de remover sujeiras simples, sem correr o risco de danificar o piso.

O grande benefício desse método de higienização é que, por meio dele, é possível remover até mesmo algumas impurezas mais difíceis.

Para modelos como o piso taco laminado e o carpete de madeira, processos de higienização simples, como os citados anteriormente, já são suficientes para garantir uma boa manutenção resultando em maior durabilidade.

Já o piso de madeira maciça exige outras formas de manutenção mais complexas, sendo o lixamento e a envernização deste.

Atualmente, muitas empresas já realizam esse procedimento sem liberar qualquer fragmento de poeira no local.

Essa prática, além de evitar sujeiras em excesso ou outros contratempos que levam à interdição do local, ainda impede que o piso seja danificado, mesmo que de maneira superficial.

Entre as principais vantagens apresentadas após a realização da raspagem, podemos destacar a:

  • Remoção de imperfeições contidas no piso;
  • Restauração da estrutura original do taco;
  • Polimento e envernização;
  • Aspecto novo e repaginado para o piso.

Também é importante lembrar que a raspagem de tacos pode ser feita em um número limitado de vezes. Alguns especialistas estimam que durante a vida útil do piso de madeira ele deve ser raspado até, no máximo, 05 vezes.

Quando o piso passa muitas vezes por esse processo ele acaba ficando com as beiradas de encaixe fragilizadas, resultando no aumento das chances de quebra ou trinca.

Outro detalhe crucial que é, poucas vezes, levado em consideração pelos usuários no momento da higienização, é o fato de que muitas pessoas não aplicam revestimento em seus pisos após a instalação.

Nessas situações, deve-se sempre ter cuidado com os produtos utilizados na higienização, pois eles podem manchar o material.

Por esses motivos, podemos perceber a relevância da preocupação com a melhor maneira de realizar a manutenção e higienização dos pisos de madeira.

Afinal, é por meio das boas práticas que se torna capaz de garantir maior durabilidade do material aplicado, além de auxiliar nos fatores estéticos do ambiente no qual está instalado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *