Quais são os tipos de telhados utilizadas na construção civil?

Um dos aspectos mais importantes que uma casa ou construção tem é o seu telhado. Me parece óbvio isso, visto que é o telhado que dá a devida proteção ao ambiente, ele que sela a privacidade do lugar e permite que ali realmente possa ser uma casa ou uma edificação que se deseje.

Pois bem, escolher o telhado ou as telhas corretas é um dever importante daqueles que estão planejando e executando a obra, pois uma escolha errônea desses itens pode acarretar em prejuízos e desconfortos posteriores, dando assim, uma dor de cabeça que poderia ser evitada caso se realizasse uma avaliação anterior.

Desta forma, aqueles que estão acostumados com o meio da construção civil podem ter esse conhecimento, mas muitas pessoas não conhecem ao certo os tipos de telhas e telhados disponíveis no mercado.

É uma variedade de tipos e modelos, da telha galvanizada às telhas francesas, sendo cada uma delas específicas para suprir uma determinada exigência e desempenhar o seu papel em diversos modos.

Pensando nisso, nós desenvolvemos este texto para que possamos abordar alguns tipos muito utilizados na construção civil, de modo que isso possa lhe auxiliar no momento de realizar a escolha do tipo ideal para sua casa ou edificação.

Conhecer mais sobre esses itens lhe concede poder e conhecimento, permitindo-lhe assim realizar análises mais profundas acerca dos tipos de telhas, a qualidades desses materiais, instalação, desempenho e comparações. Além disso, permitirá que você faça a melhor escolha para a sua casa.

Portanto, caso você possua o interesse em desbravar mais esses assunto, eu aconselho e convido-lhe que permaneça com a sua leitura e conheça mais sobre os diferente tipos de telha que são utilizados no meio da construção civil.

Telhado ondulado

Telhado ondulado é um item que pode ser utilizado nos mais diferentes projetos, sendo eles em telhados planos ou mesmo nos inclinados. Para a galera que gosta do telhado embutido, certamente este é o tipo ideal para isso,

Por ser um modelo mais leve quando comparado às telhas feitas de cerâmica, as chamadas telhas onduladas costumam ser mais econômicas, já que demandam estruturas um pouco menos robustas para que se possa sustentar a cobertura.

Uma outra característica muito comum nesse tipo de produto é a sua versatilidade, já que a pode ser encontrada no mercado em diferentes tamanhos e cores.

Caso você realmente queira utilizar as telhas onduladas para compor o seu projeto, é necessário agora que você decida se elas serão de fibrocimento ou de fibra vegetal. Vejamos um pouco sobre elas.

As telhas de fibrocimento são muito populares, isso pois elas têm um baixo custo e são muito utilizadas nos projetos simples, tanto para cobertura, quanto para revestimentos, possuindo também uma ótima resistência e versatilidade.

Um dos pontos mais negativos relacionados à esse material, é que este possui um baixo conforto térmico, e caso não haja o devido isolamento, elas podem elevar a temperatura em até 10 °C, podendo ser um problema grande para o projeto.

Já as compostas de fibra vegetal, são confeccionadas a partir de papel reciclado, sendo conhecidas no mercado como “telhas ecológicas”. Em síntese, são as suas vantagens:

  • Sustentáveis;

  • Altamente seguras;

  • Baixo índice permeável;

  • Não é tóxica.

Telha francesa

A Telha francesa vem sendo devidamente utilizada no Brasil por muito tempo, cerca de mais de trezentos anos. Começou a ser fabricada quando os ceramistas da determinada época perceberam que o modelo que era utilizado pelos franceses.

Quadrado e composto de uma só peça, pode cobrir um m2 com apenas 16 unidades. Valor muito inferior que o da telha colonial, onde é necessário 24 unidades por cada m2.

Deste modo, a telha francesa é quase plana, sem o canal profundo característico das coloniais, o que exige um aumento na inclinação do telhado, ou seja, um caimento de no mínimo 45%, dependendo da extensão.

Ripa para telhado

Sendo um elemento estrutural, a Ripa para telhado tem a específica função de distribuir cargas geradas pela cobertura. Sendo um material resistente e duradouro, também possui um acabamento ótimo.

Portanto, na hora de escolher a empresa fornecedora desses produtos, busque uma que tenha tradição no mercado, atendimento de qualidade para com os seus clientes e que também utilize uma madeira cujo material é devidamente certificado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *