Reforma de casa: características e outros aspectos

Reformar a casa ou o apartamento é uma tarefa muito prazerosa, afinal você estará dando novos ares para o ambiente ou então resolvendo um problema estrutural.

No entanto, é um processo bastante complexo que envolve desde o planejamento de todas as etapas até a necessidade do disk entulho.

Como falamos o planejamento é uma das etapas da reforma, e ele é um dos mais importantes, pois permite que o orçamento caiba dentro das necessidades e faz com que a execução seja feita com bastante sucesso. Portanto, reformar também é sinônimo de planejar.

Neste artigo abordaremos pontos importantes que devem ser considerados na reforma, como o planejamento das etapas e de alocação de certos serviços que vão da limpeza assoalho madeira até levantamento de lajes e compra de móveis.

Reformas: planejamento é tudo

Uma reforma quando não planejada pode acarretar em problemas maiores como atrasos na entrega e superfaturamento, ou seja, mais gastos que não estavam previstos. Dessa maneira, um ponto fundamental é o planejamento prévio de como uma obra funcionará.

Pode parecer um pouco descolado da realidade, porém, muitas pessoas começam uma reforma sem saber exatamente onde se quer chegar, o que acarreta o erro de que falamos.

Deste modo, é o planejamento detalhado de todas as partes da obra, que vão do levantamento de paredes até a instalação de forro de gesso inclinado ajuda na redução de gastos extras e de atrasos.

Divida a obra por etapas e permita que elas fiquem em sequência para que os processos não sejam atrapalhados, ou seja, antes de colocar o piso novo, pinte o teto antes, e assim por diante.

Um bom planejamento da obra consegue assegurar:

  • Cumprimento de prazos;
  • Redução de custos;
  • Objetividade na obra;
  • Bom desempenho.

Quando falamos de planejamento estamos nos referindo também a organização do orçamento. Assim, é necessário que se defina um limite no orçamento antes de fazer com que a execução prossiga.

Pesquisar preços, materiais, profissionais que trabalharão será uma tarefa bastante árdua, porém, acarretará muitas alegrias.

Saiba também o valor dos processos, se uma parte da casa antiga deverá vir abaixo, verifique o preço dos serviços de demolição de casas antigas, ou no caso de refazer a fiação, procure saber quanto fica o serviço completo.

Crie um cronograma para a sua obra para evitar atrasos. Esse cronograma deve ser feito com o profissional da obra, ou um mestre de obras ou um arquiteto ou engenheiro. Cada parte da obra deve ter um prazo a ser cumprido, para que não seja eterno.

Marque em um calendário em que dia cada etapa começará, seja a colocação de pisos, revestimento, seja a realização de restauro de moveis.

Escolha profissionais qualificados. Esse será um grande diferencial em sua obra. Os gastos com profissionais precisam ser alargados, pois somente um profissional apto entregará um serviço com qualidade, segurança e eficiência.

Seja para o levantamento de uma parede, colocação de esquadrias ou então a instalação de um sistema completo de isolamento acústico.

No tópico abaixo falaremos sobre alguns aspectos que podem ser levados em consideração para uma reforma bonita e também econômica.

Para uma reforma de casa econômica

Existem muitos aspectos que podem ser levados em consideração e que ajudam no desenvolvimento de uma reforma mais econômica. A primeira delas é a colocação de contra piso.

O piso sobre o piso além de ser mais barato, pois evita quebrar o piso anterior, consegue trazer economia de tempo no cronograma da obra.

E existem hoje uma grande variedade de tipos de piso sobre piso que vão do piso vinílico, passando pelo piso laminado, o cimento queimado e também o porcelanato líquido. Mas, lembre-se, o piso na qual receberá o novo revestimento precisa estar apto para receber o piso escolhido.

A segunda dica é usar as pastilhas adesivas. Elas são bonitas e são mais baratas que as pastilhas de cerâmica que precisam de cimento para serem colocadas.

As pastilhas adesivas são feitas com resina de poliuretano e são aplicadas com um adesivo de alta resistência, podendo ser aplicadas também em pisos cerâmicos.

E a última dica é reaproveitar os móveis. Reforme seus móveis antigos, pinte-os, coloque novos acessórios, sairá mais em conta que móveis novos e ainda será todo personalizado.

Assim, vimos que a reforma depende muito de planejamento e cuidado com o orçamento e de uso de diversas dicas para ser econômica e garantir um novo ambiente para sua casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *