Regras para evitar acidentes em obras

A demolição de casas, prédios e edifícios para a construção de imóveis modernos e com arquitetura atualizada não é uma novidade. Há muito tempo os grandes centros urbanos passam por obras causadas pelo próprio desenvolvimento das cidades e ocupação de territórios.

A construção de novos bairros, conjuntos habitacionais populares, condomínios residenciais, empresariais e industriais têm transformado o horizonte urbano, nas mais diferentes regiões municipais, estaduais e federais.

Para atender a uma demanda crescente de reurbanização territorial, muitas empresas têm investido em máquinas e equipamentos modernos, promovendo mais segurança no ambiente de trabalho, como os canteiros de obras.

A capacitação de profissionais também tem se expandido, com a disposição de mão de obra técnica em diferentes frentes de trabalho, como:

  • Arquitetos e engenheiros;
  • Mestres de obras e pedreiros;
  • Ajudantes gerais;
  • Eletricistas e encanadores.

Nessa miscelânea de profissionais atuantes no setor da construção civil ainda se juntam serralheiros, marceneiros, telhadistas, pintores, entre tantos outros, para valorizar a urbanização, de uma forma geral.

Sendo assim, são empregados procedimentos técnicos e específicos para cada projeto, com máquinas, veículos e instrumentos de trabalho modernos e precisos para o desenvolvimento das obras.

Ferramentas específicas para atuação profissional nas obras

As construções de grandes proporções devem contar com elementos obrigatórios para a segurança patrimonial e de todos os usuários.

A obrigatoriedade na emissão do documento de AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) determina a aplicação de acessórios de combate a incêndio.

Entre os componentes presentes está a mangueira de hidrante, que depende do uso de uma chave storz preço acessível, que serve para o acoplamento e desacoplamento entre as extremidades. Além disso, é possível fazer ajustes de vedação e abertura para a água.

Sob a responsabilidade de um profissional capacitado, essa chave também tem funções que podem ser aplicadas em outros equipamentos, como extintores de incêndio, para a verificação e manutenção periódica.

Segurança do trabalho com equipamentos essenciais

Os profissionais que trabalham em altura dependem de diversos equipamentos para seguir as normas regulamentadoras de segurança implementadas por órgãos fiscalizadores e entidades de classe.

A realização de trabalhos acima do solo demanda ferramentas e equipamentos de proteção individual e coletiva, além da aplicação de comunicação visual em todo a área.

Os trabalhos realizados em coberturas de imóveis precisam ser feitos com o uso de linha de vida para telhado, para garantir a segurança do profissional que atua nesse setor.

Sendo um equipamento de proteção individual obrigatório, sua disponibilidade fica à cargo das empresas contratantes. Os profissionais que trabalham de maneira autônoma devem utilizar durante a realização das tarefas, para evitar acidentes e quedas de alturas.

A composição do equipamento é formada por corda resistente, com pontas acopladas em pontos de ancoragem e fixas, além de um colete preso ao corpo do profissional, envolvendo todo o tronco.

A linha de vida telhado permite a movimentação dos braços e pernas, para que os trabalhos em altura possam ser realizados com melhor desenvoltura e praticidade.

Para isso é preciso garantir o peso máximo suportado, utilizando equipamentos adequados à situação das tarefas propostas.

Elementos ajudam na limitação de espaços nas obras

Fitas de atenção podem ser eficientes para a delimitação de espaços que não podem ser acessados em determinados momentos ou por profissionais de áreas específicas.

Os trabalhos para colocação de meio fio de concreto entre a calçada e a rua é um indicativo para que os veículos não ultrapassem o local.

O investimento nesse material de construção pode ser apontado quando a fase final dos trabalhos de uma obra estão chegando na área externa.

Para garantir a segurança dos funcionários, e depois dos usuários, como moradores e pedestres, o custo já estará embutido em todo o orçamento.

Vale destacar que a guia de concreto preço baixo em relação a outros materiais utilizados em toda a construção, pois sua composição é basicamente de cimento, pedra e areia.

No caso de imóveis demolidos, os resíduos sólidos podem ser encaminhados para empresas especializadas que reciclam os materiais e transformam em outras peças que podem retornar em um formato completamente novo, como banco de concreto ou mesmo meio fio para jardim, em composição ao paisagismo interno do imóvel.

Cuidados simples para evitar acidentes

A comunicação visual deve ser empregada em qualquer situação que envolve trabalho no setor da construção civil. Até mesmo os capacetes servem como referência para que os profissionais possam ter acesso a pontos específicos e o responsável poder chamar a atenção, se for o caso.

Um canteiro de obras é um espaço propício para acidentes, se ele não estiver devidamente organizado e com a sinalização apropriada. A indicação de espaços dedicados para o armazenamento de ferramentas e materiais evita possíveis acidentes.

Por fim, os próprios trabalhadores devem estar atentos quanto à sua responsabilidade individual e seus afazeres na rotina laboral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *