Segurança predial para projeto elétrico e acessórios

Em uma construção, como existem diversas instalações a serem realizadas, como o projeto elétrico, hidráulica, tubular e pneumática, é comum que outros projetos se integrem ao projeto principal do engenheiro civil que é responsável pela obra.

Com isso, ocorre a integração entre outros profissionais da área, como é o caso do engenheiro elétrico, ambiental, profissional da arquitetura e até mesmo o design de interiores.

Como a eletricidade é um dos pontos mais delicados e fundamentais para todo o andamento da construção e do funcionamento de um imóvel, seja ele para fins residenciais ou comerciais, é importante saber sobre a importância de ter um projeto elétrico, assim como outros dispositivos de segurança.

A importância de desenvolver um projeto elétrico predial

Um projeto eletrico predial é um dos itens indispensáveis de uma construção civil, sobretudo, de ambientes prediais. É fundamental que ele seja desenvolvido por um engenheiro elétrico, que é o profissional apto para a realização de cálculos, assim como a verificação de desenhos voltados à instalação elétrica de um ambiente predial.

Por isso, esse profissional fica responsável por realizar um estudo de tabelas, delimitar o melhor layout, assim como listar os componentes que serão necessários para a instalação de uma rede elétrica em uma casa, empresa ou prédio.

Além do engenheiro elétrico, é possível contar também com o apoio de um técnico elétrico, desde que os profissionais sejam registrados no CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia).

Isso é importante para que o projeto seja desenvolvido com a máxima segurança, assim como para evitar danos elétricos na construção e no período posterior.

Apesar de existirem vários projetos de instalações elétricas prediais, com particularidades que dependem do tamanho da empresa ou da residência, é importante ressaltar que existem alguns procedimentos que costumam ser mais básicos e comuns em todos os projetos.

Como exemplo, podemos ressaltar:

  • Identificação do projeto de arquitetura do local;
  • Verificação dos pontos onde deve haver um circuito elétrico;
  • Inserção de equipamentos de saída da corrente elétrica;
  • Instalação do medidor de energia;
  • Instalação do quadro de energia;
  • Desenho destas ações para facilitar procedimentos de manutenção.

Além disso, o profissional que realiza todo este processo deve saber o tipo de carga e seu dimensionamento como objetivo de evitar que uma corrente elétrica maior que a suportada passe e chegue até os equipamentos do imóvel. Isso poderia causar queima destes equipamentos, curto-circuito e até mesmo um princípio de incêndio.

Instalação de equipamentos de segurança

Assim como ter um projeto elétrico é essencial para garantir que as instalações elétricas do ambiente residencial sejam mais seguras e confiáveis, também é fundamental identificar e instalar equipamentos de segurança, sobretudo, nos prédios.

Os prédios apresentam uma situação mais delicada pelo fato de ser um local que reúne um grande número de pessoas. Por isso, as chances de ocorrer um acidente envolvendo a parte elétrica é maior, apesar da manutenção do sistema, dificilmente haverá problemas.

De modo geral, a preocupação é com um princípio de incêndio, e por isso instalar um extintor base de troca é fundamental em diversos pontos do prédio.

Este tipo de extintor é indicado para vários locais e edificações, contribuindo para conter um incêndio por meio da eliminação do fogo.

Como existem materiais específicos para que a combustão ocorra, assim como prazos de validade, é importante que as trocas ocorram levando em conta estas considerações, já que a eficiência deste extintor pode mudar.

Uma dica interessante é buscar por um extintor de incendio BC, que é conhecido por ter um pó químico. Seu acabamento é em aço carbono, que apresenta elevada resistência e tem como pintura a cor vermelha.

Elementos complementares

Além de ter todo um cuidado no processo de construção, após o imóvel estar pronto, é fundamental realizar alguns procedimentos de manutenção, como a lapidacao de piso de empresas.

Este tipo de procedimento consiste em ações de raspar ou lixar o piso para agregar brilho e beleza. Este processo também pode ser feito com a intenção de reforçar o efeito antiderrapante de alguns pisos.

No aspecto decorativo e também na otimização dos espaços, é possível investir em uma divisória de granilite, que é feita com mármore ou granito, assim como com cimento branco.

Portanto, vale a pena buscar por uma divisória de granilite para banheiro preço acessível, pelo fato de favorecer os processos de limpeza do banheiro por meio da inserção de divisões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *