Tudo sobre demolição e terraplanagem

Para realizar a construção em um terreno, em muitos casos, é necessário realizar a demolição de um imóvel já construído. Esse procedimento se refere ao uso de uma ou mais técnicas específicas, que consiste na “destruição” do espaço.

Após o procedimento de demolição, ocorre a limpeza do terreno, para que de fato a obra se inicie. Mas, tanto a demolição como a terraplanagem (processo responsável pela limpeza) exigem liberações e detalhes técnicos que serão abordados nesse artigo. Não deixe de conferir!

Como funciona o procedimento de demolição de um imóvel?

Quando se adquire um terreno, ele pode vir com um imóvel ou não. Em muitos desses casos, o proprietário opta por demolir o que já existe, visando construir algo novo.

Em muitas situações também, o imóvel a ser demolido apresenta uma estrutura comprometida, ultrapassada, oferecendo riscos aos moradores ao redor.

Com isso, a demolição torna-se necessária também. Mas, não é só chegar e explodir o local. É necessário contar com o apoio de uma construtora, assim como engenheiros civis que possuem conhecimento técnico sobre o melhor procedimento de demolição a se adotar.

Também é necessário realizar um estudo de campo, verificando a vizinha local, os possíveis impactos ambientais e sociais, com o objetivo de evitar danos aos moradores.

Os órgãos públicos do município também precisam estar sabendo da demolição e aprovar o procedimento, após constatar como ele será feito, a equipe técnica responsável, orienta os moradores. No processo de desconstrução, a Prefeitura irá disponibilizar um alvará que permita o procedimento.

Existem alguns tipos de demolição, dentre eles a demolição silenciosa, que geralmente é controlada pela equipe técnica responsável, feita por partes e com menor impacto para a vizinhança.

Mas, seja qual for o procedimento de demolição adotado, é importante ter alguns cuidados, por exemplo, isolamento da área (com o objetivo de evitar a presença de feridos).

Desligamento tanto da rede hidráulica, como elétrica e do fornecimento de água no local, assim como realizar um estudo do local, visando verificar o que está abaixo do solo ( por exemplo, visando não atingir um lençol freático).

Alguns tipos de material podem dar suporte nesses casos, por meio de uma estrutura metálica, como é o caso do transportador helicoidal. Esse material possui uma hélice longa, que é tubular ou no formado de um U.

Ainda, esse tipo de hélice é considerado como de fácil transporte, facilidade na manutenção, além de gerar um baixo custo na operação.

Entenda a terraplanagem

O processo de terraplenagem consiste na remoção tanto de terra como de entulho de um terreno, proporcionando também seu nivelamento.

O objetivo é deixar o terreno de forma plana, para que o mesmo esteja pronto para receber a estrutura do imóvel (que pode ser metálica).

Para realizar esse procedimento, os profissionais responsáveis contam com o auxílio de máquinas que possuam capacidade elevada do transporte de cargas, como é o caso da escavadeira.

Essa máquina é utilizada para remover o excesso de terra, que depois é levado até um transporte ( geralmente, pode ser utilizado algum modelo de caminhão, por exemplo, o basculante).

Como esse é o processo inicial de uma construção, é fundamental que ele seja feito por uma equipe altamente especializada tecnicamente, visando oferecer uma melhor limpeza do terreno ao cliente, assim como deixar o solo compactado, pronto para receber à construção (agregando maior firmeza).

Recolhendo os entulhos: uma questão ambiental

Tanto no processo de demolição, terraplanagem e ainda utilizando ferramentas de construção como o martelete, é comum gerar muito entulho (resíduos de pedra, concreto, cimento e poeira).

Mas, é responsabilidade da empresa que está construindo a obra se preocupar com a remoção desses entulhos, assim como seu descarte correto, de modo a não afetar o meio ambiente.

No caso de realizar o armazenamento desse entulho para ser encaminhado ao local correto de destinação, uma dica é utilizar ferramentas de suporte, como é o caso da caçamba de entulho.

Esse tipo de caçamba apresenta algumas características, por exemplo:

  • Está disponível em variados modelos e capacidades de armazenamento;
  • É resistente e durável;
  • Apresenta facilidade de instalação;
  • Contribui para o recolhimento do entulho de forma organizada.

Muitas empresas que lidam com a construção civil, por entenderem a importância do uso desse equipamento, têm optado pela locação de caçamba, em empresas que possuam especialização nesse tipo de serviço.

Nesse caso, o transporte da caçamba e seu recolhimento ficam por conta da empresa locadora, otimizando ainda mais o tempo e serviço empregado na obra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *