Descubra as diferentes utilizações de pisos de madeira em casas

A madeira é um dos materiais mais presentes na história do homem. O nome do Brasil, por exemplo, foi escolhido por causa da extração de madeira no terreno.

Como se sabe, havia uma árvore conhecida como “pau brasil”, que tinha seu tecido lenhoso avermelhado e era perfeita para móveis.

Faz sentido que o material seja tão valorizado, visto que é o que sustenta as árvores por anos a fios em florestas, suportando todos as intempéries climáticas.

O uso de madeira acabou recebendo muitas críticas nos últimos anos, devido aos danos ambientais causados pela extração excessiva.

Por isso, a maior parte das empresas trabalha com madeira de reflorestamento e você deveria procurar por essas opções.

O interior da casa

Quando se fala de piso de madeira, o primeiro pensamento de muitas pessoas são os tacos. Muito clássicos, são um tipo de piso prestigiado, contando com madeiras nobres, na maior parte das vezes.

Por conta do Taco de madeira preço  elevado, muitas pessoas acabam escolhendo por opções mais em conta.

É possível separar os interessados em pisos amadeirados em dois grupos: os interessados apenas na aparência desse material e os interessados em todas as suas propriedades.

Para o primeiro grupo, existem muitas opções de pisos disponível que reproduzem a aparência da madeira:

  • Azulejos estampados;
  • Piso vinílico (PVC);
  • Porcelanato;
  • Carpetes;
  • Piso laminado;
  • Cerâmica.

Dentre essas opções, a que mais se aproxima da madeira é o piso laminado, pois ele conta com um material chamado de HDF que é feito, de fato, de resíduos de madeira.

A maior parte dos itens aparece em forma de réguas ou módulos, que são facilmente instalados.

Uma das vantagens de escolher pisos de madeira ou que imitam madeira é que sua aplicação é simples. Não há necessidade alguma de mexer no piso anterior, basta aplicar o revestimento sobre ele.

O outro grupo de interessados em pisos de madeira pode preferir o uso de tacos ou do assoalho de madeira.

Geralmente, utiliza-se madeira nobre e se enquadram como verdadeiros investimentos. Mas a durabilidade da madeira e a possibilidade de tratamento periódico do piso fazem a decisão valer a pena.

Após alguns anos de uso, contratar uma Empresa de Raspagem de Taco é essencial.

O procedimento de raspagem tira a camada superior do material, retirando unto quaisquer defeitos que tenham aparecido nela, como riscos.

A primeira etapa dessa raspagem consiste no lixamento, depois se faz a limpeza e calafetação (tapam-se buracos) e, por fim, é aplicada sobre a madeira uma camada de verniz que a torna mais brilhosa.

aplicação de sinteco também é muito comum ao final do processo de raspagem. É um tipo de verniz específico, que possui uma base acrílica e formal em sua composição, além de água.

Com ele, consegue-se um efeito de brilho muito perceptível no piso.

A área externa

Muitas pessoas pensam que a madeira não é uma opção interessante para o ambiente externo, justamente porque ela pode deteriorar com a presença de água.

Entretanto, existem madeiras tratadas justamente para o uso em locais mais úmidos.

Em verdade, tornar a madeira adequada para esse tipo de aplicação não é muito trabalhoso, basta acrescentar uma camada de verniz ou de stain (dois tipos de resina) sobre a sua superfície.

O deck de madeira  é a escolha mais popular. O principal motivo é a sua fácil aplicação.

Os estrados de madeira possuem um formato de encaixe fácil, basta organizar as estruturas de madeira da forma correta sobre o local desejado.

Pode-se colocar cadeiras sobre esse piso, utilizá-lo ao redor da churrasqueira e a vantagem é que a água da chuva passa pelo deck e chega ao solo, sendo positivo para o meio ambiente.

Piso para deck de piscina, de banheira de hidromassagem e de chuveiro externo também é muito procurado. A principal razão é a sua característica antiderrapante, mas ele também oferece conforto térmico e tem um forte valor estético.

Por fim, é importante lembrar que existem diferentes tipos de madeira, com diferentes cores e aspectos. Não é aconselhável que a madeira do piso seja a mesma dos móveis, então preste atenção nesse detalhe.

Não obstante seja recomendável escolher a mesma madeira para os pisos de todos os cômodos, pois essa medida acaba por resultar em uma amplitude ilusória.

Em caso de escolher diferentes tipos de madeira para cada cômodo, tome cuidado para não haver desnível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *