Você sabe manter e restaurar o seu piso de madeira?

O Piso de madeira é uma das opções de pisos mais utilizados atualmente, sobretudo em apartamentos, empresas e em lojas.

É indicado para locais com menos circulação de pessoas e pode ser aplicado em quartos, salas, cozinhas ou em outros cômodos, tendo em vista que é um produto versátil e casa bem com diferentes tipos de decoração.

As vantagens de optar por um piso de madeira

De fácil aplicação em relação aos pisos comuns e um aspecto que o difere dos demais é o fato dele ser atérmico, ou seja, proporciona um clima agradável, mantendo uma temperatura ambiente, seja qual for o tempo, frio ou calor.

É um revestimento versátil, clássico e possui aparência rústica e nobre, o que atribui ao ambiente originalidade, sofisticação e aconchego. Fatores essenciais para quem busca passar para o ambiente a sensação de autenticidade e conforto.

Além dessas características físicas, é um produto de fácil limpeza, sendo apenas necessário passar a vassoura de cerdas macias ou aspirador de pó e, se preferir, um pano levemente umedecido.

No entanto, muito embora haja tantos pontos a favor em obtê-lo, é importante saber que o piso de madeira é restrito ao uso de água e demais líquidos, pois o uso pode causar estrago e deformações em seu material.

Portanto, exige cuidados específicos como produtos para limpar piso de madeira. E há necessidade de manutenções periódicas, especificamente se na área instalada há chances de umidade, como varandas, lavanderias e banheiros.

Como é feita a manutenção dos pisos de madeira?

A madeira é um material que com o tempo pode se desgastar e perder o brilho, e a falta de cuidado pode ocasionar arranhões e manchas.

No entanto, apesar desses cuidados cruciais que devem ser tomados, há diferentes modelos de Pisos de madeira, todos eles com as suas características distintas e especificidades na manutenção.

1. Carpete de madeira

Conhecido também por “Piso Flutuante”, é composto por réguas finas cobertas por folhas/lâminas de madeira natural. Portanto é mais econômico e mantém uma aparência semelhante a ela.

  • Restrições aos cuidados, e desvantagens: É irresistível à água, portanto, o cuidado deve ser dobrado, além de ser arranhado e perfurado com facilidade, pois não resiste à fricção. Por isso, para evitar esses problemas, não é recomendável locomover móveis arrastando-os pelo chão. Outra desvantagem é o ruído característico do produto;
  • Vantagens: É mais barato que o piso de madeira natural e o maciço.

2. Piso laminado madeira

É bastante semelhante ao carpete, no entanto, seu revestimento possui maior qualidade, pois não se trata de uma camada fina de madeira e sim das formicas (laminado melamínico), que possui folhas prensadas por lâminas de alta pressão, o que atribui a ele maior durabilidade e qualidade.

  • Desvantagens: O contato abundante com líquidos pode provocar perda da linearidade do piso, alterando a espessura, gerando inchaços;
  • Vantagens: Seu revestimento propicia maior durabilidade em relação ao carpete de madeira, ou seja, menos riscos de deformidade, especialmente no contato com a água, pois, muito embora nenhum dos tipos desses pisos devam ser limpos com água, o piso laminado é ainda mais “tolerante”, pode-se dizer. E claro, mais econômico se comparado ao piso de madeira natural.

3. Piso de madeira maciço (Assoalho)

Piso 100% composto por madeiras naturais, portanto proporciona ao ambiente um clima ainda mais natural, sua durabilidade é alta, chegando a durar por anos e até mesmo por séculos.

  • Desvantagens: Em um todo, essa é a melhor das opções, no entanto requer um investimento a mais, pois tem seu custo-benefício;
  • Vantagens: Mais resistente e durável em relação ao carpete, ao piso de madeira e quaisquer outros que possuem apenas camadas da madeira em sua composição e não a sua totalidade.

Vantagens do piso de madeira

  • Visualmente elegante;
  • Fácil aplicação;
  • Versátil quanto ao local de uso;
  • Fácil de limpar;
  • Durável;
  • Atérmico.

Restauração de piso de madeira

A restauração de piso de madeira é feita primeiro com uma lixadeira específica para pisos e logo após o piso estar lixado, deve-se retirar a poeira do local com uma vassoura ou um aspirador de pó, para então seguir com a finalização.

O último passo é passar um selador e depois algum produto para dar “cor” ao piso, pois o brilho pode ter se desgastado com o tempo. Sendo estes os produtos indicados:

  • Verniz para piso de madeira
  • Resina
  • Tinta Stain

É importante saber que desses mencionados, apenas o piso de madeira maciço pode passar por esse processo, pois é o único que possui películas suportáveis a esse procedimento, podendo ser refeito por mais uma ou duas vezes o Polimento de pisos de madeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *