5 Passos Para Deixar Sua Casa Inteligente

As tecnologias mudaram o nosso jeito de viver, de se relacionar e até mesmo de consumir, por exemplo, quando queremos comprar uma roupa, um item para a casa, uma refeição, etc.

Simplesmente acessamos a internet por meio de nossos computadores, tablets ou smartphones e olhamos sites ou aplicativos para fazer isso. 

Muito simples, não? Agora quem imaginaria, décadas atrás, que tudo isso seria possível? Quem imaginaria que pedir um almoço ou um jantar pudesse ser algo tão fácil e que levasse poucos minutos em um app?

Pois é, as tecnologias avançaram de maneira muito rápida e todos os anos temos alguma novidade. E agora, até mesmo o nosso lar está ficando mais moderno e tecnológico! 

Porém, não estamos falando dos aparelhos e dispositivos que estão em nossa residência, como Smart TVs ou notebooks. Nos referimos à automação residencial, isto é, de melhorias para que a casa fique mais inteligente, cômoda, prática, integrada e segura!

Portanto, se você quer saber mais sobre o assunto e como deixar a sua casa mais inteligente, continue acompanhando este artigo. 

Até porque, o futuro que tanto se falava e imaginava já chegou, e está aí para nós usufruirmos.

Então, como deixar minha casa inteligente?

Basicamente, há duas maneiras: ou você contrata uma empresa especializada que realiza este tipo de serviço ou você pode começar por conta própria, comprando certos aparelhos e dispositivos.

Neste caso, ou melhor, neste artigo, nós falaremos sobre a segunda opção e te daremos os 5 passos principais para você mesmo conseguir automatizar a sua casa.

Contudo, é importante ter em mente que nem todo tipo de automação é simples ou rápida de se fazer, e por isso, talvez você necessite de profissionais experientes e qualificados para realizar o trabalho posteriormente.

Ah, e tenha muito cuidado ao manipular o circuito elétrico da sua casa se for fazer alguma instalação.

Agora vamos aos 5 passos!

Passo 1: Comece por partes

Para tornar a sua casa inteligente, você não precisa sair comprando todos os produtos tecnológicos disponíveis no mercado de uma vez só.

Inclusive, você pode e deve ir investindo aos poucos, avaliando qual ou quais produtos serão mais interessantes e úteis para o seu dia a dia, para então depois começar a comprar.

Além disso, começar por partes ajuda você a não gastar todo o seu dinheiro, isto é, torna a automação algo mais acessível, que não vai te prejudicar financeiramente.

Sendo assim, considere primeiro: qual cômodo da casa você quer automatizar? Seu quarto? A sala? A cozinha…? Pensar nisso e definir um ambiente ajuda você a se guiar melhor e a comprar os dispositivos/aparelhos certos.

Passo 2: Invista em iluminação 

Grande parte das pessoas que começa a investir em automação residencial, começa pela iluminação!

Ou seja, você pode ter em qualquer ambiente da sua casa uma iluminação inteligente, que pode ser controlada diretamente pelo seu smartphone ou por voz.

Sendo assim, você consegue acender e apagar as lâmpadas ou até mesmo mudar as cores e a intensidade delas, apenas dando alguns toques em seu celular ou falando alguns comandos. Nada mal, não é verdade?

Além disso, você também consegue gerar uma economia na sua conta de luz, afinal, você pode controlar as luzes de um jeito muito mais fácil e até mesmo programá-las para desligarem.

E atire a primeira pedra quem nunca esqueceu alguma lâmpada acesa em casa quando saiu para trabalhar ou para outro compromisso.

Passo 3: Invista em acessórios

O terceiro passo para você deixar sua casa inteligente é investir em acessórios (ainda mais porque não costumam ser caros). Atualmente há diversas opções disponíveis, sendo as principais:

  • Controle remoto inteligente;
  • Tomadas inteligentes;
  • Interruptores inteligentes;
  • Sensores inteligentes;
  • Balanças inteligentes;
  • Sonoff.

Passo 4: Invista em uma assistente virtual

Outra maneira interessante de deixar a sua casa inteligente é comprar uma assistente virtual, como o Google Home e a Echo Dot da Amazon.

Com a assistente, você pode solicitar diversas coisas – tudo por meio de comandos de voz. 

Por exemplo, você consegue programá-la para acender ou apagar a luz, pode pedir para ela te informar sobre como está o clima hoje ou quais os compromissos de amanhã, e muito mais!

Passo 5: Invista em segurança

Por fim, já que você irá investir em alguns dispositivos inteligentes para a sua casa, é interessante também investir em dispositivos que contribuam para a sua segurança!

Por exemplo, você pode começar investindo em uma fechadura digital com biometria ou em uma câmera 360º de alta definição que você pode controlar e visualizar de qualquer lugar por meio de seu smartphone.

Assim, seguindo estes 5 passos, você estará no caminho certo para ter uma casa inteligente!

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Mazag, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *