Estrutura imobiliária e adequação ao terreno

As estruturas de fundação de uma construção imobiliária passam por diferentes etapas. Para cada uma delas, é preciso que diferentes documentos sejam produzidos, de modo a atender uma série de normas regulamentadoras, garantindo a segurança dos trabalhadores durante a execução das tarefas realizadas dentro dos canteiros de obras.

As seguranças estruturais devem ser verificadas por empresas especializadas, por meio de técnicos e profissionais capacitados.

Desta forma, a garantia de funcionamento adequado e ocupação da casa, prédio ou edifício poderá ser realizada de maneira efetiva, para que a construção esteja dentro das regras impostas pela legislação vigente.

Para cada projeto da construção civil, é preciso elaborar documentos apropriados, esquemas de implementação imobiliária, adequação ao zoneamento urbano aprovado pela prefeitura municipal, com verificação constante de segurança apropriada durante a construção e após o acabamento, quando disponibilizado para uso da sociedade.

Atendimento prioritário de saneamento

O saneamento básico domiciliar deve atender à sociedade de forma igualitária, em qualquer bairro de um município.

Para isso, o projeto de estação de tratamento de esgoto deve englobar uma série de etapas, para que a captação de resíduos provenientes do uso de água seja eficiente, com coleta em tubulações específicas e estruturas domiciliares adequadas.

Assim, os equipamentos públicos, como unidades de saúde e hospitais, não são afetados, tendo uma população protegida e integrada ao sistema de saúde municipal, estadual e federal.

Transportes adequados no canteiro de obras

A construção de empreendimentos imobiliários, sejam dedicados a moradias ou para o desenvolvimento de estruturas públicas, devem contar com máquinas apropriadas para os serviços.

A presença de equipamentos de movimentação de terra deve fazer parte do esquema da construção civil, para o nivelamento adequado do terreno ou para cavar tubulações para a captação e destinação adequada de esgoto e água pluvial.

O investimento de uma construção pode ser voltado à materiais adequados, como areia, pedra e cimento para a fundação, até tintas, azulejos e demais acabamentos de uma obra.

Nesse sentido, a parceria com locadoras de equipamentos para construção civil sp pode ser uma solução interessante para a economia com equipamentos de custo elevado de aquisição.

Isso porque eles possuem ótimo custo-benefício quando são alugados, em conjunto com a disposição de mão de obra especializada na realização de tarefas exclusivas.

Características do solo determinam construção

O modelo de empreendimento imobiliário a ser construído em um terreno deve ser relativo às características apresentadas pelo terreno. O solo possui diversas camadas, que podem se movimentar caso a estrutura imobiliária não seja adequada ao local.

Para evitar qualquer contratempo, a contratação de uma empresa de sondagem de solo deve ser realizada para identificar as camadas geológicas, sob o terreno disponível para a construção de empreendimentos imobiliários.

O custo de investimento neste tipo de serviço vai refletir no orçamento, de maneira positiva, pois identifica a possibilidade de construção de prédios e edifícios conforme as características do solo.

Mais ainda, isso evitará atrasos nas obras, danos nas edificações e, até mesmo, diminuição quanto ao impacto ambiental.

A sondagem SPT pode ser realizada com equipamentos específicos para este tipo de serviço, coletando dados sobre o solo E identificando as camadas internas para melhor aplicação das fundações e sapatas de toda a estrutura imobiliária, identificando o perfil geológico do local.

Esquema elétrico deve atentar para segurança

Toda construção deve contar com um sistema elétrico eficiente e seguro para garantir o funcionamento sem qualquer prejuízo dos usuários, sejam moradores, comerciantes ou trabalhadores do setor industrial.

A formalização de um relatório técnico deve apresentar condições de funcionamento, com a descrição exata das medidas adotadas para o controle e prevenção de trabalhadores e usuários que interagem de forma direta ou indireta com o sistema de abastecimento elétrico local.

Denominado laudo nr10, esse documento deve ser elaborado por um profissional da área técnica, como um engenheiro elétrico que verifica as instalações de maneira presencial, com descrição de todo o processo e apontando:

  • Procedimentos técnicos e instruções referentes à segurança;
  • Análise de sistemas de proteção contra descargas elétricas;
  • Treinamento e qualificação de profissionais do setor;
  • Testar isolamentos em equipamentos de proteção individual e coletiva.

A disposição de sistemas elétricos fazem parte de toda a estruturação imobiliária, nos setores diversos, entre construção civil, industriais e, até mesmo, no agronegócio.

A adequação vai promover um ambiente seguro e produtivo para todos os trabalhadores, inclusive aqueles relacionados de forma terceirizada.

Seguindo todos os parâmetros de segurança, é possível que todos os projetos sejam aprovados de acordo com a aplicação das normas regulamentadoras de cada setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *