Procedimentos ambientais nas atividades e obras

Nos dias de hoje, a preocupação com o meio ambiente dentro das atividades produtivas do ser humano está se tornando cada vez maior.

Nesse sentido, a demanda pelo aprimoramento dos serviços empenhados por empresas de monitoria ambiental tem crescido em diversas atividades econômicas.

Assim, esses serviços estão muito mais voltados para o setor agrícola, tendo em vista o forte impacto de algumas atividades, como acontece com as plantações de cana-de-açúcar, as quais constantemente passam por processos de queima.

Pensando nessa questão, o texto a seguir tem o intuito de apresentar o que a engenharia ambiental pode fazer para tornar o uso da natureza mais sustentável.

Afinal, o que é o monitoramento ambiental?

O monitoramento ambiental é um processo que envolve uma série de atividades capazes de identificar e avaliar, tanto quantitativa quanto qualitativamente, o nível em que se encontra as condições dos recursos naturais disponível em certo lugar e momento.

Além disso, o monitoramento também observa as tendências naturais no decorrer do tempo. Tudo isso acontece a partir de um longo trabalho de estudo e acompanhamento sistemático e contínuo das variáveis ambientais, considerando os dados coletados.

Dessa maneira, torna-se possível verificar se estão ocorrendo impactos ambientais durante alguma atividade humana, como a construção de obras ou a produção agrícola.A monitoria do meio ambiente possibilita que a magnitude dos impactos provocados possa ser calculado e avaliado para um posterior trabalho de prevenção. Todo esse trabalho leva em consideração variáveis como aspectos:

  • Sociais;
  • Culturais;
  • Econômicos;
  • Institucionais.

Por que o monitoramento ambiental é necessário?

As atividades humanas, principalmente aquelas relacionadas com a construção civil, geram um impacto significativo dentro da natureza. Isso porque elas podem provocar:

  • Grande geração de resíduos sólidos;
  • Emissão de poluentes atmosféricos por máquinas;
  • Impactos na população do entorno de uma obra;
  • Contaminação do solo e do lençol freático;
  • Impactos na fauna e na flora da região.

Outro detalhe importante é que a preocupação em relação aos impactos ambientais de certas atividades é necessária para que as empresas e organizações cumpram a legislação vigente estabelecida pelos órgãos ambientais, como o Ibama.

Caso contrário, o agressor ambiental pode ficar sujeito a multas elevadíssimas capazes de levar uma empresa à falência. Ademais, a maneira como uma organização é vista pela sociedade e pelo seu público interno também é um grande motivo para se levar em consideração a monitoria ambiental.

Uma indústria que para produzir carros, por exemplo, polui rios e solos, pode perder um grande número de clientes, além de ter a sua parceria com fornecedores prejudicada, já que estes não querem ter os seus nomes vinculados a uma empresa insustentável ambientalmente.

Portanto, o serviço de monitoria ambiental não é um gasto, mas sim um investimento.

Como a topografia influencia na sustentabilidade ambiental

Pode-se dizer que o trabalho desempenhado por uma empresa de topografia possui um grande peso sobre os impactos ambientais que uma obra pode futuramente causar, fornecendo algumas informações importantes sobre ela. Nesse sentido, o levantamento topográfico pode acontecer tanto na fase de planejamento de uma obra quanto na hora da construção, de fato.

Assim, o profissional que trabalha com topografia faz uma representação dos pontos notáveis do relevo onde ocorrerá uma obra, levando em consideração, também, os acidentes geográficos de um terreno.

Com isso, o trabalho topográfico pode servir para várias aplicações, tais como:

  • O cadastro de imóveis;
  • A identificação de perfis rodoviários ou de rios e canais;
  • A determinação do volume de aterros;
  • A verificação do alinhamento e da posição de uma obra;
  • Determinar a viabilidade financeira do projeto.

Além disso, é possível fazer o levantamento topográfico georreferenciado, o qual consiste na determinação de limites geográficos de um imóvel, na maioria das vezes rural, com o intuito de sanar potenciais conflitos.

A relação entre topografia e monitoramento ambiental

O levantamento topográfico pode ser útil para o monitoramento ambiental feito via satélite. Isso porque, por meio de imagens áreas, órgãos públicos são capazes de verificar a variação de bandas de cor de florestas para fazer uma estimativa do nível de desmatamento.

Este, por sua vez, pode ser proveniente de atividades agropecuárias ou até mesmo industriais. Dessa forma, é possível obter um controle sobre os efeitos das ações humanas perante a natureza, prevenindo ou impedindo potenciais riscos ambientais ou mensurando impactos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *