Construção civil e sustentabilidade

O planejamento empregado na construção civil deve respeitar diferentes etapas que vai desde a preparação do terreno, com nivelamento e identificação de solo, até a finalização da obra.

Muitos processos de engenharia e arquitetura devem ser colocados em prática, assim como a administração de recursos, mão de obra, equipamentos e ferramentas disponíveis.

A matéria-prima que será utilizada em toda a obra também deve ser identificada conforme os padrões estabelecidos pelo conselho que rege as categorias de engenharia e arquitetura, além de estar de acordo com o ambiente em que será implementada, permitindo que a sustentabilidade faça parte de todos os processos.

Casas de veraneio, que ficam em regiões litorâneas, devem suportar a maresia. Do mesmo modo, as casas de campo devem ser construídas pensando no conforto térmico do imóvel.

Por isso, é importante investir na contratação de profissionais especializados, que podem identificar e colocar em prática todo o conhecimento voltado à construção civil, tendo a sustentabilidade como uma das metas a serem cumpridas durante todo o período de trabalho.

Qualidade e economia podem caminhar juntas

A aplicação de tecnologia na construção civil tem permitido que obras, das mais variadas localizações, recebam projetos ousados, unindo qualidade na execução final com a economia nos investimentos, transformando as construções em verdadeiras obras de arte arquitetônica.

Para isso, programas de computador realizam gráficos, baseado em dados coletados pelos profissionais envolvidos no projetos, transformando em plantas de casas e estabelecimentos comerciais práticas e eficientes.

Materiais da construção civil pré-moldados já fazem parte da realidade de muitos canteiros de obras. A laje protendida alveolar é um exemplo de aplicação em obra que pode ser erguida de maneira rápida, conferindo ótimo custo-benefício ao imóvel.

Isso ainda promove o uso inteligente de matéria-prima e mão de obra, sem a necessidade de escoramento.

Os estudos aplicados na construção civil é que vão determinar a possibilidade de uso deste tipo de material, pois as características do solo são essenciais.

Aliás, em qualquer tipo de empreendimento imobiliário, é preciso identificar o ambiente, como um todo, para que o investimento tenha retorno garantido para as incorporadoras.

A laje alveolar protendida pode ser aplicada em construções que possuem um grande vão, recebendo a aplicação de concreto armado por toda a sua cobertura.

Por suas características de aplicação, como construções voltadas para centros comerciais, hospitais, supermercados e armazéns, esse tipo de material promove benefícios estruturais, como:

  • Facilidade de movimentação, logística e instalação;
  • Tempo de construção menor;
  • Menor carga de resíduos sólidos da construção civil;
  • Construção padronizada por toda extensão.

Diversos pontos positivos ainda podem ser observados, como economia na mão de obra e nos insumos para a construção de áreas cobertas.

A sustentabilidade também é um ponto a favor, em tempos que a preocupação com o meio ambiente está em pauta, em todos os setores de produção.

Também vale destacar a facilidade de decoração dos ambientes, com outros materiais voltados para a finalização de obras.

Gesso promove revolução na decoração

A beleza arquitetônica deve estar atrelada às funcionalidades de um ambiente. Colocar gesso no teto, por exemplo, pode facilitar a decoração, pois é um material que pode ser trabalhado de maneira fácil, bastando a disponibilidade de mão de obra especializada e matéria-prima de qualidade.

Para proporcionar um melhor conforto térmico e acústico, a cobertura também pode ser valorizada com o uso desse material de fácil adaptação e que pode ser aplicado em diferentes formatos.

A colocação de forro de gesso pode ser feita em um curto espaço de tempo, valorizando os ambientes e proporcionando uma entrega mais eficiente na cobertura.

A iluminação também pode ser valorizada, principalmente em empreendimentos imobiliários voltados para o comércio.

Por isso, toda possibilidade de uso da luz natural deve ser aproveitada. Nos demais casos, a instalação de sanca de gesso permite um sistema de iluminação artificial, mas orgânica e eficiente, por todos os espaços em que é instalado criando, inclusive, possibilidades de ambientação mais intimista.

Abastecimento de água limpa e cristalina na construção

A possibilidade de instalação de um sistema de abastecimento ecologicamente sustentável, voltado para o reuso de água para jardinagem, limpeza de áreas comuns e sanitários, deve ser aplicada desde o início de um projeto do setor da construção civil.

Durante o período de execução no canteiro de obras, é possível construir uma cisterna para captação e abastecimento de água que pode ser usada na concretagem ou lavagem de equipamentos, ferramentas e veículos.

Na entrega do projeto final, é possível fazer uma adaptação, após a limpeza e desinfecção de reservatórios de água, para abastecimento de um sistema sustentável, com captação da água da chuva, por exemplo.

O tratamento pode ser realizado por uma estação de tratamento e purificação, com filtros especiais e cuidados específicos, voltados ao setor doméstico, permitindo o uso consciente de água e sem prejudicar o abastecimento fornecido por concessionárias públicas e privadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *