Cuidando da pintura de containers

A pintura eletrostatica também é conhecida como em pó. Esse modelo foi desenvolvido a cerca de 65 anos atrás por meio da resina sólida de poliepóxido ou epóxi. Esse trabalho usa processos de cargas elétricas para que ocorra fixação da tinta.

A pintura eletrostática é uma das mais eficientes do mercado, pois ela não agride o meio ambiente e é realizada de modo rápido, apresentando um resultado efetivo. Sendo ideal para Pintura de navio.

O serviço possui alguns métodos diversos de ser aplicado como, por exemplo, pulverização eletrostática, leito fluidizado eletrostático e leito fluidizado. É uma técnica de pintura mais eficiente e resistente que o mercado possui.

A técnica pode ser utilizada nas seguintes tintas:

  • Epóxi;

  • Híbrido;

  • Poliésteres;

  • Poliuretanos;

  • Tinta em pó metálica.

A pintura eletrostática possui algumas vantagens quando aplicada na superfície dos objetos, inclusive em Container marítimo usado, por isso, conheça algumas delas.

Ao aplicar a tinta no acabamento total e final da pintura, pode-se notar o quão satisfatório é o seu resultado. Demonstra alta eficiência e rapidez ao trocar de cores, pois não precisa usar solventes para limpeza e remoção da tinta antiga.

Para aplicar a pintura, a superfície do objeto precisa ser limpa, deixando-a mais lisa possível. Outro aspecto, é que a pintura precisa ser realizada com o Equipamentos para pintura correto, evitando assim a criação de características não desejadas.

A temperatura do dia (clima) precisa estar entre 10° C a 30° C. Vale ressaltar que, é preciso 24 horas para que a pintura seque.

Vale ressaltar que a pintura eletrostática pode ser aplicada em diversos lugares, como: eletroeletrônicos, eletrodomésticos, materiais pertencentes a construção civil, transporte, móveis de madeira e acessórios.

Qual a melhor pintura: Airless ou compressor?

A pintura airless é realizada com um pulverizador específico de alta pressão. A máquina é ligada diretamente na lata de tinta, fazendo uso de uma mangueira de longa distância que, por sua vez, é ligada com o bico ou pistola onde se expeli o jato de tinta.

Quando a tinta entra em contato direto com a mangueira, atinge uma taxa de transferência próxima a 100%, por isso, não resulta tem desperdício de tinta e, também, não forma névoa porque não é usado ar no momento de transferência do material.

Em outras palavras, pode-se dizer que o resultando é de uma pintura mais produtiva e econômica, ou seja, com muita alta qualidade. Outro aspecto é seu jato de alta potência (pressão entre 1.000 e 7.000 libras), do qual consegue expelir a tinta em um formato de leque uniforme, sendo ajustado trocando os bicos.

A pintura airless é recomenda em muitas superfícies como: paredes, tetos, portas, telhas, metais (portões, grades), madeiras, entre outros locais.

O compressor de ar é um aparelho versátil e é utilizado em muitas ocasiões incluindo pinturas. Atualmente é o aparelho mais usado por pintores, pois sua pressão pode ficar entre 40 e 200 libras dependendo do tamanho e potência.

Ele comprime o ar e “empurra” a tinta do recipiente. Sua taxa de transferência fica em 20% aproximadamente, e os 80% que sai da pistola é ar.

Sua capacidade em comparação a airless é reduzida, pois também faz mais sujeira, isso porque o ar se transforma em névoa de tinta, assim, comprometendo outras superfícies.

Apesar disso, ela consegue efetuar um bom resultado. Vale lembrar que, ao usar o compressor, é preciso também fazer uso de equipamentos de segurança como, por exemplo, máscara, luva e óculos de proteção, assim, a névoa de tinta não entra nos olhos e na boca.

Conheça alguns tipos de pistola para o serviço

Uma parte fundamental de qualquer tipo de maquina de pintura é a sua pistola, pois com ela é possível pintar diferentes tipos de superfícies por meio de uma ação pulverizadora, assim sendo uma opção de realizar tarefas de maneira prática e rápida, na qual atinge uma grande área e sem muito esforço.

São equipamentos versáteis e bastante usados em trabalhos de funilaria, bioquímica, pintura de paredes e artesanato. No mercado, há dois modelos de pistola de pintura: a pistola por sucção, onde a caneca de tinta fica embaixo, e a pistola gravitacional, com a caneca de tinta vai em cima.

A pistola por sucção usa a pressão do ar para sugar a tinta ao recipiente e a pistola gravitacional realiza um processo de impulsionamento. A utilização de qualquer uma das duas pistolas são similares e oferece praticidade.

A diferença entre elas fica por conta do conjunto de pulverizador de cada uma, mas eles devem ser acoplados conforme a viscosidade do produto da tinta. A pistola de sucção requer que o compressor seja mais potente, logo, tenha mais pressão, para assim sugar a tinta até a saída.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *